O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple se livra de processo envolvendo “quebra” do FaceTime em dispositivos antigos

FaceTime

Recentemente, uma falha nos sistemas operacionais da Apple (iOS, iPadOS, macOS Catalina e watchOS) impedia que usuários da Maçã realizassem chamadas no FaceTime com alguns dispositivos mais antigos. O problema já foi corrigido, mas alguns usuários mantêm (ou mantinham) a posição de que a Apple intencionalmente “quebrou” o seu serviço de chamadas em aparelhos mais velhos.

Publicidade

Explico: em 2017, um grupo de usuários moveu uma ação coletiva contra a Apple na Califórnia, acusando a empresa de deliberadamente impedir o funcionamento do FaceTime em iPhones e iPads mais antigos; em agosto passado, um processo similar foi aberto numa corte da Flórida.

Mais especificamente, os consumidores afirmavam que a Maçã deliberadamente criou um bug para impedir o funcionamento do FaceTime no iOS 6 — tudo para forçá-los a comprar novos aparelhos capazes de rodar o iOS 7.

Segundo os reclamantes, a Apple tinha um objetivo específico ao fazer isso: no iOS 7, o FaceTime deixou de depender de uma tecnologia de conexão baseada nos servidores da empresa terceirizada Akamai Technologies, passando a realizar as chamadas com uma tecnologia de conexão direta, baseada nos seus próprios servidores. Os processos afirmavam que a Apple “quebrou” o FaceTime no iOS 6 para forçar o upgrade dos usuários e, com isso, deixar de fazer pagamentos milionários à Akamai. A história completa está nesse nosso outro artigo.

Publicidade

O processo californiano foi encerrado em fevereiro passado, com um acordo extrajudicial entre as partes; agora, a ação da Flórida também encontrou seu capítulo final — favorável à Maçã. A Corte Federal a qual julgou o caso determinou que as afirmações dos reclamantes são “inoportunas e precisam ser dispensadas”, notando que os consumidores poderiam ter movido a ação a qualquer momento, mas não o fizeram até agosto de 2019, muitos anos após o caso em si.

Portanto, os advogados da Apple podem colocar esse problema no arquivo e se preocupar agora com outros problemas envolvendo o FaceTime.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícone dos fones de ouvido da Apple encontrados no iOS 14

Novos headphones da Apple terão partes magnéticas substituíveis, afirma Bloomberg

Próximo Artigo

Vídeo: MM Entrevista com Sérgio Miranda

Posts Relacionados