iFixit desmonta o novo iPhone SE e mostra quais peças podem ser trocadas com as do 8

Novo iPhone SE e 8

Na semana passada, comentamos o desmonte do novo iPhone SE feito por um YouTuber chinês, que revelou poucas diferenças entre o gadget recém-lançado e o iPhone 8, de 2017.

Publicidade

Agora, a iFixit também disponibilizou seu teardown completo do dispositivo, fornecendo ainda mais detalhes sobre a comparação entre o iPhone SE de primeira, o novo (de segunda geração) e o 8.

Sabendo as configurações mais conhecidas do novo iPhone SE (chip A13 Bionic, display LCD1 de 4,7 polegadas e câmera única), vamos conferir alguns outros detalhes (não exatamente inéditos) do dispositivo.

Raio-X

Antes de abrir os dispositivos, a iFixit comparou o interior de ambos as gerações do iPhones SE e do 8 por meio de uma imagem de raio-X — as diferenças entre o novo SE e o 8, claro, foram mínimas:

Imagem de Raio-X dos iPhones SE e 8

Segundo a iFixit, além de um retrabalho “sutil” da antena e da reorganização de alguns chips na placa lógica, não é possível dizer que eles possuem grandes mudanças na disponibilização dos componentes.

O que a iFixit esperava, entretanto, era ver alguma alteração no layout da antena, para impulsionar os novos recursos Gigabit/LTE (MIMO) e Wi-Fi, mas não há diferenças nesse sentido.

Bateria

Alguns testes e análises já mostraram que a bateria do novo iPhone SE é praticamente idêntica à do 8, com a performance, na prática, sendo muito semelhante.

De fato, a iFixit informou que a capacidade da bateria do novo SE é a mesma, de 1.821mAh (atingindo 6,96Wh no carregamento) — mais do que o iPhone SE original (6,21Wh) e bem menos que o iPhone 11 (11,91Wh).

iFixit: desmonte do iPhone SE

Por fim, embora as baterias correspondam em tamanho e capacidade, o conector mudou — o que significa que essa peça não pode ser trocada entre o novo iPhone SE e o 8, diferentemente de outros componentes.

Câmera

Enquanto as discussões sobre as especificações da câmera do novo iPhone SE rolam soltas, a iFixit se limita a dizer o sensor de imagem do novo SE é fisicamente menor que o do XR — eles apostam, portanto, que a câmera é a mesma do iPhone 8, porém com melhorias no processamento graças ao poder do chip A13 Bionic.

Câmera dos iPhones Se e do 8
Da esquerda para a direita: novo iPhone SE, iPhone 8 e iPhone XR.

O sensor da câmera frontal (de 7MP) do novo iPhone SE também parece ser idêntico ao do iPhone 8, segundo a iFixit. Com isso, tanto a câmera traseira quanto a frontal dos aparelhos podem ser trocadas, sem problema algum.

Mais detalhes e peças intercambiáveis

Embora o novo iPhone SE e o 8 possuam telas praticamente idênticas, a Apple removeu o módulo 3D Touch do dispositivo lançado neste ano. A iFixit testou trocar o display do novo iPhone SE pelo do 8 e descobriu que o 3D Touch não funciona; a firma também ressaltou que trocar o display dos aparelhos sem acesso a um programador de tela pode ocasionar em falha de alguns recursos, como o True Tone.

Contraditoriamente, porém, com a remoção do módulo do 3D Touch no iPhone XR (e posteriores), a tela desses dispositivos ficou mais fina, enquanto que a bateria ficou mais espessa — o que não aconteceu no novo SE, provavelmente como uma forma de economizar ainda mais na produção do gadget.

Peças do iPhone SE

A iFixit também percebeu que o Taptic Engine (motor vibratório do iPhone) é exatamente igual o do 8 no novo SE, podendo ser trocados entre si.

Uma outra peça que não pode ser trocada (apesar de ser bastante semelhante) é o botão de Início (Home) com Touch ID integrado — o que, na verdade, é aplicável para a variedade de dispositivos que contam com essa tecnologia.

Nota final

Por manter a reparabilidade de algumas peças/componentes importantes (como a tela e a bateria) a iFixit decidiu dar ao novo iPhone SE uma nota 6 — numa escala que vai até 10 (mais reparável) —, a mesma que o iPhone 8 recebeu em 2017.

A firma também destacou que a maioria dos componentes é modular e substituível de forma independente, incluindo muitas peças que são compatíveis com o iPhone 8. Por fim, a parte traseira (de vidro) do novo iPhone SE é frágil e praticamente impossível de reparar.

via TechRadar, iMore

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…