Ainda ontem, nós publicamos algumas possíveis novidades relacionadas ao “iPhone 12”; hoje, o leaker Jon Prosser veio com novas informações sobre o futuro lançamento da Apple.

Publicidade

Quer dizer, nem tudo é de fato novo — afinal, há semanas meses que diversos veículos/pessoas com ótimas fontes dentro da Maçã vêm soltando informações sobre a nova linha de smartphones da companhia.

Prosser, contudo, ganhou destaque recentemente por acertar muitas coisas relacionadas ao novo iPhone SE, ao novo MacBook Pro de 13 polegadas — e vem publicando rumores bem interessantes sobre os AirPods. Então, é bom vermos o que ele anda falando sobre o aguardado aparelho.

Sem mais delongas, eis o que ele disse hoje sobre o “iPhone 12”:

Telas

Todos os “iPhones 12” terão telas OLED1, mas as dos modelos “comuns” serão fabricadas pela BOE, enquanto as dos modelos “Pro” serão fornecidas pela Samsung, com uma profundidade de cor de 10 bits.

O ProMotion (tecnologia para telas com frequências variáveis de até 120Hz) será implementado apenas nos modelos Pro e, como já falamos, será controlado por software (como funciona hoje nos iPads Pro). Isso quer dizer que a tela do iPhone não funcionará sempre em 120Hz — ela variará entre 60Hz e 120Hz, de acordo com o que está sendo realizado/mostrado no display.

Publicidade

Ou seja, diferentemente de alguns smartphones da concorrência, o usuário não poderá controlar isso manualmente (ajustar a frequência da tela por conta própria). O sistema é que sempre determinará qual a frequência ideal para o uso, priorizando economia de bateria.

Nomes

Como já noticiamos algumas vezes, a próxima geração do iPhone terá quatro modelos, e Prosser hoje divulgou como a Apple pretende nomeá-los:

  • “iPhone 12”: tela OLED “Super Retina” de 5,4″ e duas câmeras, suporte a 5G e chip “A14” com corpo em alumínio.
  • “iPhone 12 Max”: tela OLED “Super Retina” de 6,1″ e duas câmeras, suporte a 5G e chip “A14” com corpo em alumínio.
  • “iPhone 12 Pro”: tela OLED “Super Retina XDR” mais avançada (com ProMotion) de 6,1″, três câmeras + scanner LiDAR, suporte a 5G e chip “A14” com corpo em aço inoxidável.
  • “iPhone 12 Pro Max“: tela OLED “Super Retina XDR” mais avançada (com ProMotion) de 6,7″, três câmeras + scanner LiDAR, suporte a 5G e chip “A14” com corpo em aço inoxidável.

Segundo Prosser, a Apple cogitou trazer de volta o sufixo “Plus”, mas, por enquanto, a empresa optou mesmo pelo esquema acima.

RAM, capacidades e preços

Todos os modelos “comuns” teriam 4GB de RAM2, enquanto os Pros teriam 6GB. As capacidades de armazenamento, contudo, teriam mudanças importantes.

Isso porque o modelo de 64GB seria descontinuado, com a opção de entrada passando para 128GB. Assim, teríamos as seguintes capacidades e preços:

Publicidade
  • “iPhone 12”: 128GB (US$650) ou 256GB (US$750)
  • “iPhone 12 Max”: 128GB (US$750) ou 256GB (US$850)
  • “iPhone 12 Pro”: 128GB (US$1.000), 256GB (US$1.100) ou 512GB (US$1.300)
  • “iPhone 12 Pro Max”: 128GB (US$1.100), 256GB (US$1.200) ou 512GB (US$1.400)

Como comparativo, o modelo de entrada do iPhone 11 custa hoje US$700, enquanto que o modelo 11 Pro Max de 512GB custa US$1.450.

·   •   ·

E aí, tudo dentro da expectativa ou algo muito diferente do que vocês imaginavam?

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…