O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Autorizadas da Apple receberão auxílio por gastos relacionados à COVID-19; lojas do Japão começam a reabrir

Reparo de dispositivos da Apple em lojas da Best Buy

Vamos às últimas notícias da Apple relacionadas à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19)? Vamos lá.

Publicidade

Auxílio a autorizadas

Para começar, uma boa notícia para os Centros de Serviço Autorizados Apple: de acordo com uma nota obtida pelo MacRumors, a Maçã prestará auxílio financeiro às suas autorizadas ao redor do mundo por gastos relacionados à COVID-19.

De acordo com a matéria, a Maçã arcará com as despesas relacionadas a materiais de limpeza, itens de higiene e de proteção, como máscaras e protetores faciais. O auxílio será disponibilizado por meio de acréscimos nos pagamentos feitos por cada reparo realizado nas autorizadas.

O auxílio será realizado globalmente, mas ainda não há mais informações sobre quando os pagamentos começarão a ser realizados. Ficaremos de olho.

Lojas no Japão

Enquanto isso, a Apple continua sua jornada de reabertura de lojas em países que já estão implementando medidas de retomada à “normalidade”. Desta vez, estamos falando de duas lojas no Japão: a Apple Fukuoka e a Apple Nagoya Sakae, que passaram os últimos meses fechadas e reabrirão na próxima quarta-feira (27/5).

Apple Fukuoka
Apple Fukuoka

Como no restante do varejo já reaberto, as lojas da Maçã em Fukuoka e Nagoya terão horários reduzidos de funcionamento, com abertura somente ao meio-dia; o foco dos espaços será nos reparos e serviços de suporte, com a orientação de que compras continuem sendo feitas nos canais online da empresa. Consumidores terão suas temperaturas medidas na entrada e precisarão usar máscaras (que serão fornecidas, caso necessário).

As oito demais lojas da Apple na Terra do Sol Nascente, por ora, continuam fechadas e ainda não têm previsão de reabertura.

Letônia adotando framework

Por fim, a Reuters publicou uma reportagem detalhando a adoção dos países europeus ao framework de combate ao Coronavírus criada pela Apple e pelo Google. Alguns dos países já tinham sido comentados em outras matérias, como a Alemanha, mas um deles é novidade: a Letônia.

Exemplo de interface da Apple para o framework de notificação da COVID-19
Exemplo de interface da Apple para notificação da COVID-19

Segundo a reportagem, o país será um dos primeiros a lançar um aplicativo conectado ao seu sistema nacional de saúde: o Apturi Covid (Pare o Covid), plenamente integrado à API1 da Apple e do Google e com suporte às notificações de contato com possíveis pessoas infectadas. Cidadãos da Letônia, caso diagnosticados com a COVID-19, poderão optar por compartilhar seu histórico de contatos com as autoridades de saúde locais.

No geral, a reportagem da Reuters afirma que 22 países já confirmaram o uso do framework da Apple e do Google — um número significativo, mas muito distante das ambições globais das empresas. É provável que outros países entrem a bordo nos próximos dias/semanas (como o Reino Unido, que está ensaiando uma reviravolta na sua decisão). Vamos ver.

via AppleInsider, 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Circle View em um stand

Logitech lança câmera com suporte ao Vídeo Seguro do HomeKit; B&O e Incase têm novidades

Próximo Artigo
Conceito de atualização do Apple Music por Drew Morris

Conceito reimagina Apple Music com novos recursos sociais, incluindo perfis e playlists em grupo

Posts Relacionados