O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Logo da Apple com dólares/dinheiro
Primakov / Shutterstock.com

Em processo delirante, homem exigiu “US$2 inestimáveis trilhões” da Apple por ter “ajudado a criar o iOS 12”

Entenda se for capaz…

Prontos para a ação judicial mais non-sense do ano? Pois aqui está ela, como destacado pelo AppleInsider.

Publicidade

Raevon Terrell Parker foi à Corte Distrital do Leste do Missouri para pedir “US$2 inestimáveis trilhões” à Apple. Isso porque, segundo ele, a empresa apropriou-se do seu iPhone — um aparelho “especial” com recursos até então inéditos.

Explicando a história mais detalhadamente, Parker levou seu iPhone 7 à Apple Saint Louis Galleria em outubro de 2018. O aparelho foi consertado, mas de acordo com os autos do processo, não foi devolvido ao seu dono — em vez disso, a Maçã teria entregue um outro dispositivo a Parker porque sabia “que aquele [o aparelho reparado] era o primeiro a ter novos recursos”.

De acordo com o processo, o iPhone original de Parker tinha alguns elementos não vistos em nenhum outro aparelho da Apple à época, como a capacidade de “evitar certas opções de inicialização” e “comunicar-se com outros dispositivos de forma mais rápida e precisa”. O reclamante afirma, ainda, ter descoberto o recurso do FaceTime em grupo, que seria apresentado posteriormente.

Publicidade

Segundo Parker, os elementos presentes em seu iPhone ajudaram a Apple a criar o iOS 12 e versões posteriores do sistema; já o aparelho “substituto” que lhe foi dado não tinha nenhum desses elementos — o reclamante afirma que precisou reconfigurar senhas e preferências, além de reinstalar aplicativos do aparelho que tinha anteriormente.

Parker já tinha movido um processo anterior contra a Apple, que foi derrubado pela justiça; à época, ele afirmou que “contribuiu para a criação do iOS 12” e queria um valor, digamos, pouco usual da Apple: ele pediu US$1 trilhão pela apropriação do seu iPhone 7, mais US$1 trilhão pela criação do iOS 12 e um valor “inestimável” por sua “mentalidade” — totalizando, portanto, “US$2 inestimáveis trilhões”.

O processo mais recente, que ainda está correndo na justiça, não tem valores especificados — vamos aguardar, portanto, para ver quantos “inestimáveis trilhões” Parker pedirá desta vez.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ícone do Google Maps

Google Maps traz mais dados sobre a COVID-19; Gmail, SwiftKey, Nubank e mais são atualizados

Próximo Artigo
Ocmo

Promoções do dia na App Store: Ocmo, Marvin The Cube, Divinity: Original Sin 2 e mais!

Posts Relacionados