O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Será que o iOS 14 trará um recurso para gravar ligações no iPhone?

O recurso é real, mas nem por isso nós, meros mortais, poderemos utilizá-lo

No início desta semana, um rumor um tanto estranho começou a circular pela internet: o de que o iOS 14 ganharia um recurso de gravar chamadas telefônicas e do FaceTime. A especulação surgiu no site chinês IT Home, inclusive com uma screenshot mostrando a suposta ferramenta e detalhando seu funcionamento.

Publicidade

O rumor, entretanto, foi rapidamente rebatido por vários veículos. A razão principal é óbvia: por questões de privacidade, vários países têm limitações legais acerca da gravação de chamadas — a Índia e a Austrália, por exemplo, proíbem esse tipo de ação, enquanto outros países (e vários estados americanos) exigem que todas as pessoas na ligação saibam que estão sendo gravadas para que a captura seja legal.

No Brasil, via de regra, se quem está gravando a ligação participa dela, a captura não é ilegal. Mas convém, sim, deixar claro que a conversa está sendo gravada — tal como fazem sistemas de call centers.

Além disso, a suposta screenshot vazada grafava “Facetime” incorretamente, com o “t” minúsculo — algo muito raro no caso da Apple — e traz um texto descritivo não muito coeso, bem formatado. Por conta desses fatores, inclusive, nós escolhemos não publicar o rumor originalmente.

Publicidade

Ontem, entretanto, a história virou: o 9to5Mac — que, como sabemos, obteve uma versão prévia do iOS 14 há alguns meses — confirmou a existência da ferramenta. Mas há um detalhe: de acordo com o site, a gravação de ligações seria um recurso exclusivo para uso interno, entre engenheiros da Apple.

Segundo funcionários da Maçã ouvidos pela reportagem, a ferramenta já está presente em vários builds internos do iOS, e serve apenas para fins de depuração, isto é, encontrar e solucionar problemas no sistema operacional. Versões internas do iOS, vale notar, contam com recursos que não são liberados publicamente — justamente para que os engenheiros da empresa testem o comportamento do sistema com diferentes opções ligadas ou desligadas.

Um aviso na própria descrição do recurso já dá a entender que ele não é pensado para uso do público geral:

Você também concorda que não permitirá que nenhuma outra pessoa use este dispositivo enquanto a gravação de chamadas estiver ativa.

Ou seja… aparentemente não poderemos gravar nossas chamadas no iPhone — nem agora nem em nenhum outro momento, pelo visto. A menos que você faça jailbreak, isto é.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Novos modelos de iPhones (e um Mac) são registrados na Eurásia

Próximo Artigo
Apple TV+

Apple TV+ é considerado abaixo da média por consumidores dos EUA; "Dickinson" vence prêmio Peabody

Posts Relacionados