O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Safari no macOS Big Sur

Safari 14: monitoramento de senhas, recursos contra rastreamento e outras novidades nos novos sistemas [atualizado 2x]

Novos sistemas são sinônimo de novos recursos e, como de costume, o Safari não fica para trás quando o assunto é novidades. Neste ano, a Apple investiu bastante em recursos de segurança, privacidade e personalização na nova versão do seu navegador — afirmando, ainda, que essa é a maior atualização dele desde o seu lançamento, em 2003.

Publicidade

De forma geral, o Safari ganhará, no iOS/iPadOS 14 e no macOS Big Sur, novos recursos como monitoramento de senhas, relatórios de privacidade (com os sites que lhe monitoram), tradução nativa de páginas e, claro, boas melhorias na performance.

Vamos conferir, detalhadamente, as novidades apresentadas e em quais sistemas elas estarão presentes.

Tradução Integrada

Com esse recurso, será possível traduzir facilmente páginas inteiras da web sem usar extensões ou ferramentas de terceiros.

Tradução de páginas da web

Ao encontrar uma página da web compatível, o Safari exibirá um ícone de conversão no campo de endereço; basta tocar nesse ícone para traduzir a página para inglês, espanhol, chinês, francês, alemão, russo ou português do Brasil.

Esse recurso estará disponível no iOS 14, no iPadOS 14 e no macOS Big Sur.

Monitoramento de senhas

O Safari 14 também passará a monitorar suas senhas de logins salvos, mantendo-se atento a possíveis invasões ou vazamentos de dados.

Para fazer isso, o navegador usará técnicas criptográficas robustas para cruzar dados com uma lista atualizada de contas vazadas de forma segura e privada. No caso, tudo será feito pelas Chaves do iCloud e nenhum dado será enviado à Apple.

Publicidade

Se o Safari descobrir uma violação, ele recomendará que você atualize seus dados de login usando o “Iniciar sessão com a Apple” (quando disponível), ou gerar automaticamente uma nova senha.

No que tange à segurança de contas e senhas, a primeira versão beta do Safari 14 inclui alertas caso as senhas salvas forem violadas, além de recursos como autenticação de login pelo Face/Touch ID e preenchimento automático de código de segurança vinculado ao app Mensagens, entre outros.

Publicidade

Esse recurso estará disponível no iOS 14, no iPadOS 14 e no macOS Big Sur.

Relatório de Privacidade

Com o Relatório de Privacidade, usuários terão acesso a todos os dados sobre rastreadores entre sites visitados que foram bloqueados pelo recurso Intelligent Tracking Prevention do WebKit.

Relatório de privacidade

Entre os rastreadores bloqueados pelo recurso está o Google Analytics, um dos serviços mais populares, usados por milhares de sites. De acordo com testadores dos novos sistemas, o recurso inibe o rastreamento inclusive no modo anônimo.

Esse recurso estará disponível no iOS 14, no iPadOS 14 e no macOS Big Sur.

Visualização de abas

O novo design da barra de abas exibe mais delas na tela ao mesmo tempo, para que você possa se mover rapidamente entre sites, e mostra pré-visualizações quando você passa o mouse por cima das abas no Mac.

Esse recurso estará disponível no iPadOS 14 e no macOS Big Sur.

Recursos exclusivos no macOS Big Sur

No macOS Big Sur, o Safari 14 ganhou ainda mais novidades, entre elas:

  • Página inicial personalizável: será possível definir imagens de plano de fundo e selecionar quais seções serão exibidas na página inicial — incluindo Favoritos, Sugestões da Siri, Lista de Leitura, Guias do iCloud e o Relatório de Privacidade.
  • Maior eficiência energética: será possível reproduzir um vídeo por até três horas a mais e navegar na web por até uma hora a mais com o Safari 14 (em um Mac) quando comparado ao Chrome ou ao Firefox.
  • Visualização rápida de abas: quando você quiser apenas dar uma olhada no que está por trás de uma aba, mantenha o mouse sobre ela para obter uma visualização rápida da página.
  • Acesso a extensões: o Safari perguntará em quais sites uma extensão do Safari pode funcionar — e você pode conceder acesso por um dia ou definitivamente.
  • Compatibilidade com extensões aprimorada: desenvolvedores poderão levar extensões do Chrome para o Safari, permitindo-os personalizar a experiência de navegação com novos conteúdos.

Ferramentas para desenvolvedores

Em uma nova página para desenvolvedores, a Apple também destaca as sessões disponíveis durante a WWDC20 sobre os novos recursos do Safari, como as Safari Web Extensions, além de ferramentas, a exemplo do Web Inspector e o “Iniciar sessão com a Apple”.

Atualização, por Eduardo Marques 24/06/2020 às 19:10

O iPhone in Canada ressaltou que o Safari 14 (tanto no iOS/iPadOS 14 quanto no macOS Big Sur) contará com suporte ao HTTP/3, a terceira versão principal do protocolo que, como você pode imaginar, sucede o HTTP/2.

Suporte ao HTTP/3 no Safari 14

Apesar de já ser algo bem esperado — a Apple adicionou suporte ao HTTP/3 no Safari Technology Preview 104, em abril —, não deixa de ser uma boa notícia!

Atualização II, por Eduardo Marques 25/06/2020 às 17:48

Outra novidade que vale a pena comentar também é que o Safari — tanto no iOS 14 quanto no macOS Big Sur — poderá reproduzir vídeos em HDR1 pela primeira vez, como informou o 9to5Mac.

Vale notar que, apesar de ser possível agora reproduzir conteúdo do app YouTube em 4K no iOS 14 e no tvOS 14, isso ainda não é possível pelo Safari em si. O suporte nos sistemas acontece pois a Apple ativou o codec VP9 nos seus sistemas; contudo, no Safari, isso ainda precisa ser feito.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Julianne Moore

Julianne Moore estrelará novo filme do Apple TV+; "The Banker" está disponível de graça

Próximo Artigo
AirPods Pro

Firmware dos AirPods Pro é atualizado para a versão 2D27

Posts Relacionados