O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Câmera do iPhone SE
Hadrian / Shutterstock.com

Câmeras do novo iPhone SE têm resultados medianos em testes do DXOMARK

Decepcionante ou compreensível para um aparelho de US$400?

O novo iPhone SE foi lançado há mais de três meses, e hoje uma nova etapa do “ritual de lançamento” foi cumprida: o DXOMARK publicou hoje sua análise das câmeras do aparelho. O problema é que, bom… os resultados não foram muito animadores para a Apple.

Publicidade

A câmera traseira do dispositivo conquistou 101 pontos no índice do laboratório, sendo 103 pontos para a captura de fotos e 98 pontos para vídeos. A pontuação não é suficiente para colocar o novo iPhone SE sequer entre os 20 melhores aparelhos avaliados pelo DXOMARK — equiparado ao iPhone XR, ele está abaixo de dispositivos como o HTC U12+, o Motorola Edge+, o ASUS Zenfone 6 e o Xiaomi Mi 9.

A nota pouco entusiasmante se deu, principalmente, por conta das limitações inerentes à lente única. Os testadores sentiram a falta de uma câmera ultra-angular, bem como uma diferença na qualidade do bokeh e do zoom em relação aos iPhones mais caros, com múltiplos sensores.

O DXOMARK elogiou os disparos em boa parte das situações de iluminação, com alcance dinâmico competente e boa recuperação de áreas escuras; o novo iPhone SE, entretanto, sofreu um pouco em cenas noturnas ou com pouca luz — as fotos apresentaram ruído acima da média e nível de detalhe reduzido.

Os testadores elogiaram a captura de vídeos 4K do dispositivo, mas apontaram uma certa inconsistência em relação aos iPhones mais caros — as texturas se perdem em ambientes internos, ou mais ainda em cenas escuras. Apesar disso, a exposição dos videos foi considerada boa, bem como a captura de cores e a saturação.

Câmera frontal

O DXOMARK fez um teste separado para a câmera frontal do novo iPhone SE. O aparelho conquistou 84 pontos no teste (85 para fotos e 83 para vídeos), suficientes para colocá-lo entre os 20 melhores já testados pelo laboratório — mas abaixo dos iPhones 11 e 11 Pro [Max] testados anteriormente.

Os testadores notaram que a performance da câmera frontal não chega ao nível dos flagships, mas é bastante competitiva para aparelhos mais baratos; foram feitas críticas ao foco fixo, ao ruído e à falta de tecnologias mais avançadas (como as das câmeras TrueDepth), mas elogios foram direcionados à exposição, à consistência e ao alcance dinâmico.

Naturalmente, tudo isso tem que ser absorvido levando em conta que estamos falando de um aparelho de US$400 (ou R$3.700), valor muito abaixo de um flagship. Por outro lado, já temos dispositivos mais baratos, como o Pixel 3a, abrindo mão de outras mordomias e especificações para entregar câmeras de altíssimo nível pelo mesmo valor. No fim das contas, fica à escolha do freguês.


iPhone SE
iPhone SE de Apple Preço à vista: a partir de R$3.329,10
Preço parcelado: em até 12x de R$308,25
Cores: preta, branca ou (PRODUCT)RED
Capacidades: 64GB, 128GB ou 256GB
Lançamento: abril de 2020

via Gizchina.com

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
D&AD Awards

Comerciais do iPhone, dos AirPods e mais são premiados pela D&AD

Próximo Artigo
Capa do podcast #378

MacMagazine no Ar #378: WWDC20, iOS 14, macOS Big Sur, Apple Silicon, novidades para AirPods e muito mais!

Posts Relacionados