São várias, as novidades do iPadOS 14 — algumas delas específicas desse sistema, principalmente aquelas relacionadas ao uso do Apple Pencil no iPad. Para falar mais sobre o assunto, o pessoal do podcast Connected (em parceria com Federico Viticci, do MacStories) entrevistou a engenheira de software da Apple, Jenny Chen, e o gerente de produtos Stephen Tonna.

Publicidade

Chen, que apresentou um segmento da keynote de abertura da WWDC20, disse que o iPadOS 14 está mais inteligente sobre o que os usuários podem fazer com o Apple Pencil. Além disso ela conta que, num curto espaço de tempo, o acessório passou de uma “ferramenta de anotações e desenho para uma parte necessária do fluxo de trabalho do iPad”.

Scribble

Scribble no iPadOS 14

Um desses novos recursos é o Scribble, o qual usa uma tecnologia para reconhecer manuscritos e convertê-los em símbolos ou texto (digitado), permitindo inseri-los rapidamente sem a necessidade de um teclado. O recurso é, de fato, bastante inteligente, como destacado por Chen:

Agora estamos muito mais espertos com o que você pode fazer [com o Apple Pencil]. Podemos reconhecer sua caligrafia e é muito mais fácil inserir [textos] sem ter que digitar nada manualmente. E então, junto ao Scribble, é como se eu pudesse ir de uma tarefa para outra e nunca precisar deixar [o Apple Pencil] de lado.

Ela também destacou que a equipe da Maçã criou uma experiência que ignora de maneira inteligente o teclado virtual enquanto usa o Apple Pencil, tornando tudo mais intuitivo.

Isso é algo que passamos muito tempo aperfeiçoando. Tenho certeza de que, se você testou o Scribble, percebeu como o teclado interage com ele. E assim, quando você começa a escrever, o teclado não começa a aparecer, você continua usando o Scribble sem interrupções e há uma pequeno quadro que mostra a opção para enviar e outras ações rápidas que você pode precisar sem o teclado aparecer na sua cara.

Interface

A interface do iPadOS 14 também foi louvada pelos executivos. Segundo Tonna, um dos melhores aspectos do iPad é que a UI1 não muda para cada método de entrada de texto, mantendo a experiência consistente (seja por toque, teclado, mouse ou Apple Pencil).

Na verdade, acho que essa é uma das principais razões pelas quais as pessoas compram um iPad. Tem essa versatilidade incrível de entradas [de texto]. É sem dúvida o dispositivo mais versátil que fabricamos na Apple sem mudar nada da interface do usuário. E isso é realmente o que eu amo no iPad, posso usar o dispositivo com toque primeiro, que é o centro de gravidade para nós. Depois, posso colocar o Magic Keyboard e usar o cursor; depois, posso usar o Apple Pencil no mesmo fluxo e nunca precisar mudar a maneira como a interface do usuário funciona.

Por fim, ele afirma que todos os novos recursos, integrados, mantêm os usuários em “estado de espírito do Pencil”, enfatizando como tais ferramentas melhoram o uso do acessório com o iPad.

Publicidade

·   •   ·

É possível conferir a entrevista completa na página do podcast Connected.


iPads Pro de 11″ e 12,9″

de Apple

Preço à vista: a partir de R$7.649,10
Preço parcelado: em até 12x de R$708,25
Cores: cinza espacial ou prateado
Capacidades: 128GB, 256GB, 512GB ou 1TB
Lançamento: março de 2020

Botão - Comprar agora


Apple Pencil (2ª geração)

Apple Pencil (2ª geração)

de Apple

Preço à vista: R$1.439,10
Preço parcelado: em até 12x de R$133,25
Lançamento: outubro de 2018

Botão - Comprar agora

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…