Google Pixel 4a

Por conta da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) e o cancelamento do Google I/O, o cronograma de lançamentos da gigante de Mountain View ficou um tanto quanto embaralhado: o sucessor do Pixel 3a, aparelho de baixo custo da empresa, deveria ter sido apresentado no primeiro semestre, e agora já estaríamos vendo o sucessor do Pixel 4, flagship da linha. Hoje, as duas coisas aconteceram simultaneamente — de certa forma.

Publicidade

Para início de conversa, o Google apresentou oficialmente o Pixel 4a, sucessor do aparelho de entrada do ano passado. A proposta ainda é a mesma: reduzir o custo em um bocado de aspectos, exceto a câmera, e oferecer ao consumidor um aparelho (relativamente) barato com a experiência fotográfica de um topo-de-linha.

Não sabemos se o Google atingiu seus objetivos aqui, mas no papel a ideia é bem interessante. O Pixel 4a custa US$350 — ou seja, US$50 a menos que o seu antecessor (ou o novo iPhone SE, seu concorrente direto), traz o mesmo sensor de 12 megapixels do Pixel 4 com toda a mágica de pós-processamento do Google que torna o aparelho um dos melhores no quesito fotografia (mas teremos de esperar as análises técnicas para comprovarmos as capacidades dele, claro). Temos aqui os mesmos recursos do irmão mais caro, como o modo retrato, o noturno e o de astrofotografia.

Em termos de tela, o Google finalmente dispensou as bordas obscenas e trouxe um painel OLED Full HD+ de 5,8 polegadas, que toma quase toda a frente do aparelho; a câmera frontal, de 8 megapixels, fica num “buraco” no canto superior esquerdo, como em alguns aparelhos recentes da Samsung. A bateria, de 3.140mAh, promete durar o dia inteiro.

Publicidade

O restante das especificações não chega a provocar suspiros: o processador é o Snapdragon 730G, da Qualcomm, temos 6GB de RAM e 128GB de armazenamento (o dobro do iPhone SE de entrada, vale lembrar). Ele conta ainda com alto-falantes estéreo, leitor de impressões digitais traseiro, entrada P2 para fones de ouvido (boa, Google!) e porta USB-C; não há resistência à água, suporte a 5G ou carregamento sem fio, mas o aparelho já inclui na caixa um carregador rápido de 18W. 🙏🏼

O Pixel 4a já está em pré-venda no site do Google, na Best Buy e na Amazon, além de algumas operadoras dos Estados Unidos, e começará a ser despachado no dia 20/8; como de costume, o aparelho não deverá desembarcar oficialmente por aqui — se as características lhe interessaram, portanto, será necessário recorrer à velha e boa importação.

Vale checar, também, as cases oficiais para os aparelhos, feitas com plástico reciclado e laváveis na máquina, por US$40 cada.

Pixel 5 e Pixel 4a 5G

Além de apresentar e já iniciar as vendas do Pixel 4a, o Google adiantou as coisas para manter o cronograma do ano e já apresentou uma prévia dos seus próximos aparelhos, o Pixel 4a 5G e o flagship Pixel 5. A prévia, entretanto, consiste apenas da seguinte imagem:

Google Pixel 5 e Pixel 4a 5G
Pixel 5 à esquerda; Pixel 4a 5G à direita

O Google deu ainda algumas informações extras: o Pixel 4a 5G terá o preço-base de US$500, bem competitivo para um aparelho com suporte a 5G — além do que, como podemos ver pela imagem, ele será maior e terá mais câmeras do que o Pixel 4a “comum”. Quanto ao Pixel 5, não temos muitas informações até o momento, mas a empresa disse que falará mais sobre o aparelho nos próximos meses.

Vamos aguardar, portanto. Quem curtiu?

via The Verge

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…