SSD do novo iMac é soldado à placa; iFixit aumenta pontuação de reparabilidade do modelo de 2019 [atualizado]

Interior do iMac 2019

Aparentemente, a Apple aproveitou a primeira oportunidade para dificultar a vida de donos dos novos iMacs de 27 polegadas e, agora, o SSD1 do desktop vem soldado à placa da máquina, impossibilitando sua atualização após a compra. As informações são do portal alemão iFun.de.

Publicidade

De acordo com eles, a informação está numa documentação interna, a qual confirma a alteração. É importante notar que, na geração anterior do iMac de 27″, era possível personalizá-los com um SSD, o qual não era soldado — ou seja, era possível substituí-lo por uma opção com capacidade e/ou mais rápida.

De acordo com informações técnicas publicadas internamente, os SSDs integrados pela Apple não são conectados, portanto, os módulos de memória não são intercambiáveis, como era o caso do Fusion Drive. Em vez disso, os chips de memória individuais são soldados na placa principal, semelhante à maneira como a Apple faz nos MacBooks há vários anos. Como consequência, a configuração básica da memória é fixa e não pode ser alterada ou atualizada posteriormente.

Essa, claro, é uma notícia decepcionante — afinal, um desktop como iMac deveria (eu acho) ter essa flexibilidade de upgrade. No entanto, ainda não está claro se seria possível expandir o armazenamento usando um segundo módulo de SSD, mas certamente vamos saber mais sobre isso em breve.

Por outro lado, a RAM do novo iMac de 27″ ainda pode ser atualizada — e você pode economizar uma boa grana se optar por opções de terceiros.

Microfone

Novas informações sobre o conjunto de microfones do ‌novo iMac‌ de 27″ também surgiram hoje. Aparentemente, a máquina conta apresenta dois microfones instalados na área inferior do chassi, atrás da tela — diferentemente do microfone único nos modelos anteriores.

Segundo o MacRumors, isso permite que o novo ‌iMac forneça o que a Apple chama de “áudio com qualidade de estúdio”.

Reparabilidade do modelo de 2019

Por falar em iMacs, a iFixit fez algo incomum: eles aumentaram a nota de reparabilidade do iMacs de 21,5″, lançados em março de 2019, pelo simples fato de a Apple ter disponibilizado o guia de reparos dessa máquina (e da versão de 27″) online.

De fato, os guias foram publicados logo após o lançamento desses desktops no ano passado, mas muitas dúvidas circulavam em torno dos documentos. Após diversas idas e vindas envolvendo o movimento Direto ao Reparo (Right to Repair), do qual a iFixit faz coro, agora a firma reconheceu que os documentos “não foram um erro da Apple”.

Publicidade

A abordagem da Apple de orientar um recém-chegado em um reparo é surpreendentemente semelhante à nossa. A iFixit tem um guia aberto sobre como abordamos a redação técnica. Nós nos esforçamos para usar linguagem simples, evitar jargões desnecessários e ser excepcionalmente claros. A iFixit desenvolveu essa abordagem para escrever sobre tecnologia, porque a maioria dos manuais que vimos são, em uma palavra, ruins. Mas os guias da Apple — para o iMac de 2019 e outros que vimos — foram escritos por alguém que sabia o que estava fazendo.

Por esse simples fato, agora o iMac 4K de 21,5″ possui uma nota de reparabilidade 4 (de 10), com um novo tópico favorável apontando que a Apple “disponibiliza seu manual de serviço completo gratuitamente ao público”.

Então tá, né?


iMacs de 21,5″ e 27″

de Apple

Preço à vista: a partir de R$11.969,10
Preço parcelado: em até 12x de R$1.108,25
Lançamento: 2020

Botão - Comprar agora

Atualização, por Rafael Fischmann 07/08/2020 às 12:52

O MacRumors teve acesso a documentações internas da Apple e confirmou que sim, a memória flash dos novos iMacs de 27″ é soldada à placa lógica e não pode ser substituída.

Publicidade

Todavia, curiosamente, nas versões personalizadas com 4TB ou 8TB (as mais caras), há também uma placa de expansão de armazenamento anexada por meio de um conector à placa lógica.

Ou seja, supostamente nesses modelos seria possível expandir o armazenamento com um segundo SSD, mas isso não está disponível nas versões de 256GB, 512GB, 1TB ou 2TB. Ou seja, será inútil pra grande maioria das pessoas, de qualquer jeito…

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…