Apple detém mais da metade da receita do mercado de smartwatches (que continua crescendo)

Sensores traseiros do Apple Watch

Atualizações sobre o mercado de smartwatches sempre são mais ou menos parecidas: o segmento continua crescendo e a Apple continua reinando sobre a concorrência. Os números mais recentes da Counterpoint Research não nadam contra a maré, mas são bons indicativos de que a Maçã continua cozinhando uma boa receita com o Apple Watch.

Publicidade

Indo além das tradicionais estimativas de vendas, a Counterpoint fez um apanhado das receitas geradas globalmente pelo mercado de smartwatches no primeiro semestre de 2020, comparando-o ao mesmo período do ano passado. E o segmento vai muito bem, obrigado — no geral, as receitas cresceram 20% na comparação ano a ano, mesmo em meio a uma pandemia global e um cenário econômico fragilizado.

Nesse cenário, a Apple foi uma das principais beneficiadas: a gigante de Cupertino, que detinha 43,2% da receita do segmento no primeiro semestre de 2019, abocanhou uma fatia de 51,4% na primeira metade deste ano. As outras ocupantes do pódio, a Garmin e a Huawei, não chegaram sequer a 10% cada uma (mas viram um pequeno crescimento na comparação anual).

Counterpoint Research sobre smartwatches

A Samsung, por outro lado, caiu: a gigante sul-coreana tinha 9,3% das receitas do segmento no primeiro semestre do ano passado, e foi para 7,2% no mesmo período de 2020. Segundo a Counterpoint, os cinco smartwatches mais vendidos do mundo são, respectivamente, o Apple Watch Series 5, o Apple Watch Series 3, o Huawei Watch GT2, o Galaxy Watch Active 2 e o Imoo Z3 4G.

Sobre o desempenho da Maçã, o analista sênior da Counterpoint, Sujeong Lim, comentou o seguinte:

Publicidade

A Apple continua dominando o mercado de smartwatches tanto em volume quanto em receita. A Apple capturou metade do mercado (um recorde) em termos de receita — especialmente por conta da demanda forte dos modelos do Apple Watch Series 5. Em termos de vendas, o Apple Watch cresceu 22% globalmente, com a Europa e a América do Norte apresentando-se como os mercados de crescimento mais rápido no primeiro semestre de 2020.

A firma acredita que dois recursos serão cruciais para as fabricantes de smartwatches que queiram manter (ou aumentar) suas vendas nos próximos meses: a detecção de queda, já presente no Apple Watch, e a medição dos níveis de oxigênio no sangue — ferramenta que, segundo rumores, chegará na sexta geração do reloginho da Maçã.

Vamos continuar acompanhando, portanto.


Apple Watch Series 6

de Apple

Preço à vista: a partir de R$4.769,10
Preço parcelado: em até 12x de R$441,58
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Materiais: alumínio, aço inoxidável ou titânio
Características: GPS ou GPS + Cellular
Cores: diversas
Lançamento: setembro de 2020

Botão - Comprar agora

via PhoneArena

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…