Microsoft manifesta apoio parcial à Epic Games contra a Apple

Epic Games

A briga entre Epic Games e Apple está longe de terminar. Caso você não tenha acompanhado tudo o que aconteceu até o momento, vale a pena recapitular:

Publicidade

Pois bem. Em uma nova etapa do processo, a Epic está basicamente acusando a Apple de ameaçar todo um ecossistema de desenvolvedores de jogos em resposta à briga envolvendo o jogo Fortnite.

O nova alegação é focada na Unreal Engine — como a Apple disse que encerrará a conta de desenvolvedora da Epic, isso basicamente dificultará muito a vida dela no que diz respeito à manutenção da engine, já que a Epic perderia acesso às ferramentas de desenvolvimento da Maçã.

No processo, a Epic disse que remover esse suporte seria desnecessariamente punitivo, afetando desenvolvedores os quais usam a engine e que não têm absolutamente nada a ver com a briga delas.

Publicidade

A amplitude da retaliação da Apple é um esforço ilegal para manter seu monopólio e frear qualquer ação de terceiros que possam ousar se opor à Apple.

Tudo começou por causa da taxa de 30% que a Apple cobra sobre qualquer tipo de venda dentro do seu ecossistema, como sabemos. Da mesma forma, outras plataformas também cobram valores similares — como a Microsoft em sua loja de jogos para Xbox. Esse comentário é importante para entendermos o desenrolar da história.

Nesse novo documento, a Epic contou com uma certa ajuda da Microsoft. Kevin Gammill, gerente geral da Microsoft para desenvolvedores terceirizados do Xbox, deu uma declaração enfatizando como seria desastroso revogar o acesso da Epic às ferramentas da Apple para desenvolvedores. Na prática, qualquer empresa ou desenvolvedor que use o mecanismo seria incapaz de corrigir falhas de segurança ou bugs, interrompendo efetivamente o suporte a muitos jogos, incluindo o Forza (da Microsoft).

Phil Spencer, chefe do Xbox, falou o seguinte:

Hoje, apresentamos uma declaração em apoio ao pedido da Epic para manter o acesso ao SDK da Apple para a Unreal Engine. Garantir que a Epic tenha acesso à tecnologia mais recente da Apple é a coisa certa para desenvolvedores e jogadores de jogos

É bom notar que a Microsoft não comenta absolutamente nada sobre o início da briga (ou seja, sobre a taxa de 30% cobrada pela Apple), afinal, ela faz exatamente a mesma coisa na sua loja — e não duvido nada que, caso a Epic consiga um desfecho positivo nessa ação, ela resolva também brigar contra outras empresas como a Microsoft.

Pagamento Direto Epic no jogo Fortnite

No mais, independentemente de qualquer disputa que a Epic tenha com a Apple, ela pode resolver isso rapidamente retirando o seu sistema de pagamento do jogo Fortnite. Não é o que ela quer, é claro, mas para não prejudicar seus parceiros que usam a Unreal Engine, basta se adequar às regras da App Store (que ela havia concordado em seguir, quando “assinou” o contrato com a Apple) e continuar brigando judicialmente, buscando o que julga ser correto.

Essa briga ainda vai longe…

via The Verge

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…