Apple teria comprado a startup Spaces, focada em realidade virtual [atualizado: confirmado]

Spaces

De acordo com o Protocol, a Apple adquiriu mais uma startup. A bola da vez teria sido a Spaces, focada em realidade virtual.

Publicidade

Nem a Apple nem a Spaces confirmaram o negócio, mas os indicativos são grandes. Isso porque a startup anunciou em seu site que está encerrando as atividades, informando ainda que que está “caminhando em uma nova direção” — sem, é claro, revelar detalhes.

Obrigado aos nossos usuários e parceiros que participaram do nosso incrível produto de videoconferência de VR e às muitas pessoas que gostaram das nossas atrações de entretenimento baseadas em localização de VR encontradas em parques temáticos, teatros e muito mais.

A Spaces foi criada pela DreamWorks Animation, no início de 2016, para basicamente desenvolver uma variedade de experiências em realidade virtual com base em localização, incluindo uma para o filme “O Exterminador do Futuro: A Salvação”.

No início da pandemia, a startup teve que fechar seus centros de VR e dispensar alguns funcionários — ela chegou inclusive a pegar um empréstimo para se manter viva. “A COVID-19 parecia um tsunami para nós”, disse o CEO1 Shioraz Akmal ao Protocol, na época.

A startup então mudou completamente seu rumo, criando soluções envolvendo realidade aumentada para ferramentas de videoconferência como o Zoom, permitindo que pessoas participassem de reuniões com um avatar animado. A aquisição teria como finalidade levar a equipe para trabalhar no “Apple Glass”, supostos óculos de realidade virtual/aumentada da Maçã.

via 9to5Mac

Atualização, por Rafael Fischmann 25/08/2020 às 06:02

A Apple confirmou a aquisição ao Axios, obviamente sem dar mais detalhes: “A Apple compra empresas de tecnologia menores de tempos em tempos e geralmente não discutimos nossos propósitos ou planos.”

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…