Consumidora reclama da segurança dos cartões-presente da Apple em novo processo

Cartões-presente da Apple

Mais um dia, mais um processo. Desta vez, a Apple está sendo acusada de não fornecer a devida proteção aos seus cartões-presente, os quais podem ser “facilmente suscetíveis a roubo no momento da compra”. Sim, esse é o processo.

Publicidade

A reclamação é de maio passado, mas só na semana passada o Tribunal Distrital do Sul da Califórnia abriu o processo. No documento a demandante, Rachel Shay, alega que a Apple “falhou em implementar e manter práticas de segurança razoáveis para proteger adequadamente seus gift cards“.

Como prova, Shay contou que comprou um cartão-presente de US$50 para o aniversário do seu filho, mas acabou recebendo um que não tinha mais valor, acusando “terceiros de terem interceptado os fundos ativados”. Ela alegou que o cartão estava “exclusivamente em sua posse” até que ela o deu ao filho, mas que ao tentar resgatar o cartão-presente, ele foi informado que o valor já havia sido usado.

Em contato com a Apple, a demandante contou que a empresa não soube informar quem havia resgatado o gift card, apenas que não havia sido a partir da conta do seu filho. Vale notar, ainda, que os cartões-presentes adquiridos na Apple Online Store podem ser retirados de duas formas: por email ou correspondência — com o item suscetível a furtos, no último caso.

Publicidade

Shay quer transformar o processo em uma ação coletiva, a fim de que a Apple indenize todos os que foram afetados por problemas semelhantes — ou seja, “consumidores nos Estados Unidos que compraram um cartão-presente da empresa cujos fundos foram resgatados antes do uso pelo beneficiário”.

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…