CEO do Instagram também critica mudanças de privacidade do iOS 14 "Precisamos defender nosso lado tão forte quanto possível", disse o executivo

A esse ponto, não é novidade para ninguém que a indústria dos anúncios digitais está em polvorosa com as mudanças de privacidade do iOS 14. O Facebook, então, é um dos maiores opositores às novidades, que poderão causar uma queda de mais de 50% nas receitas de publicidade na plataforma móvel da Apple.

Publicidade

Hoje, quem se manifestou foi uma das principais marcas da gigante de Mark Zuckerberg. O CEO1 do Instagram, Adam Mosseri, afirmou à CNBC que a rede continuará lutando contra as mudanças do iOS 14, agora agendadas para o início de 2021.

Mosseri faz uma análise do problema muito parecida com aquela do próprio Zuckerberg: de acordo com o executivo, as limitações de publicidade do iOS 14 afetarão muito mais fortemente empresas, desenvolvedoras e editoras pequenas, que não têm outras fontes de renda para se manter.

Citando o caso específico do Instagram, Mosseri afirmou que a rede precisa de alguns dados para exibir anúncios relevantes aos usuários e, com isso, potencializar a renda dos anunciantes — a maior parte deles, segundo o executivo, negócios pequenos e médios. Nas palavras do executivo, o Instagram em si conseguirá resistir, mas não necessariamente o mesmo pode ser dito dessas empresas menores.

Publicidade

Se o ecossistema muda de uma forma que os anunciantes não conseguem medir o retorno do seu investimento, isso será, sim, um tanto problemático para o nosso negócio — mas será igualmente problemático para todas as grandes plataformas de anúncios, então eu não estou muito preocupado com isso a longo prazo. Será muito mais problemático para os pequenos negócios. Existem milhões deles por aí que dependem de nós para encontrar potenciais clientes e alcançar esses clientes. Especialmente durante uma pandemia, em que eles já estão combalidos.

Mosseri crê que é possível — e defende — chegar a um meio-termo em que os usuários tenham total transparência e controle sobre os seus dados compartilhados com anunciantes, sem necessariamente deixar essas empresas a ver navios. Segundo ele, é necessário “defender o lado dos anunciantes o mais forte possível” perante a Apple, o público, o mundo político, os influenciadores e os acadêmicos.

Apesar disso, o CEO sabe que será difícil mudar a cabeça de dos chefões da Maçã:

Eles têm uma quantidade imensa de poder. Eles simplesmente podem decidir que nós não podemos lançar novos apps a qualquer momento. Nós vimos, nos últimos meses, uma série de artigos e até alguns processos sobre a influência e o poder que eles têm sobre os desenvolvedores.

O fato é que, agora, mais uma gigante põe-se no campo oposto ao da Maçã. Vamos ver no que tudo isso vai dar.


Ícone do app Instagram

Instagram

de Instagram, Inc.

Compatível com iPhones
Versão 167.0 (164.4 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior

via AppleInsider

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…