O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Bloomberg
Trump vs. TikTok

Banimento do TikTok nos EUA é adiado em uma semana; Trump dá aval para acordo com Oracle e Walmart

Há alguns dias, nós informamos que novos downloads do TikTok e do WeChat seriam bloqueados nos Estados Unidos a partir de hoje — decisão essa tomada pelo presidente Donald Trump, ao assinar duas ordens executivas as quais proíbem empresas americanas de manterem negócios com as gigantes chinesas ByteDance (do TikTok) e Tencent (do WeChat).

Publicidade

Pois bem. De acordo com a Reuters, o Departamento de Comércio dos EUA anunciou ontem que adiou a decisão referente ao app TikTok em uma semana, que agora tem até o dia 27 de setembro para vender suas operações no país — aparentemente, o banimento do WeChat — que não entrou nessas negociações — ocorrerá a partir das 23h59 de hoje.

Trump dá o seu aval

A decisão tem motivo: Trump deu o seu aval para que a Oracle e o Walmart absorvam a operação do TikTok no país, encerrando a polêmica/discussão envolvendo a possível ameaça a segurança nacional — o governo americano afirma que os dados coletados pelo TikTok podem ser compartilhados com o governo chinês.

Segundo noticiou a Folha1, Oracle e Walmart dividiriam uma participação de 20% em uma nova entidade com sede nos EUA que operará a TikTok, com a Oracle provavelmente ficando com uma parte um pouco maior.

A TikTok escolheu a nova infraestrutura Generation 2 Cloud da Oracle porque é muito mais rápida, confiável e segura do que a tecnologia de primeira geração oferecida atualmente por todos os outros grandes provedores de nuvem. Na pesquisa Industry CloudPath de 2020 que a IDC lançou recentemente, na qual entrevisou 935 clientes de Infraestrutura como Serviço (IaaS) sobre sua satisfação com os principais fornecedores de IaaS, incluindo Oracle, Amazon Web Services, Microsoft, IBM e Google Cloud […] o Oracle IaaS recebeu a pontuação de satisfação mais alta.

Larry Ellison, CTO da Oracle.

As duas empresas e os investidores americanos teriam 53% da propriedade dessa nova empresa, atendendo às exigências de Trump de que a nova operação fique sob controle americano — os investidores chineses teriam uma participação de 36%, enquanto outros (europeus) ficariam com 11%.

Publicidade

Segundo Trump, o acordo resultará na criação de 25 mil empregos, muitos deles no Texas; a nova empresa deverá continuar se chamando TikTok.

ByteDance processa governo americano

Paralelamente — como informou a Bloomberg2 —, a ByteDance processou o governo dos EUA, pedindo a um juiz que impeça Trump e sua turma de banirem o app do país.

Segundo a empresa, o presidente excedeu sua autoridade e o fez por razões políticas, em vez de impedir uma “ameaça incomum e extraordinária” aos EUA, conforme exige a lei. Ela também disse que a proibição viola seus direitos de liberdade de expressão da Primeira Emenda.


Veremos onde isso tudo vai parar…


Ícone do app TikTok
TikTok de TikTok Pte. Ltd.
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessage
Versão 21.1.0 (452.3 MB)
Requer o iOS 9.3 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Mulher lendo em iPad

Os 5 artigos mais lidos no MacMagazine: de 13 a 20 de setembro

Próximo Artigo
Render dos "AirPods Studio"

Rumor: "AirPods Studio" terão chip U1 para serem facilmente encontrados

Posts Relacionados