O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Criança ajuda a identificar apps fraudulentos que tiveram 2,4 milhões de downloads e geraram US$500 mil

Menina mostrando um iPhone com TikTok
KlavdiyaV / Shutterstock.com

Pesquisadores de segurança são as pessoas certas para descobrir falhas, códigos maliciosos e tudo mais relacionado a segurança no mundo de aplicativos, não é mesmo? Sem dúvida. Mas não duvide do poder de uma criança ao identificar algo errado. 😛

Publicidade

Foi graças à dica de uma, por exemplo, que pesquisadores descobriram aplicativos fraudulentos (tanto para iOS quanto para Android) os quais, juntos, angariaram 2,4 milhões de downloads e geraram uma receita de US$500 mil.

A garotinha em questão encontrou um perfil no TikTok que estava promovendo o que parecia ser um aplicativo abusivo e relatou tudo ao Be Safe Online, projeto tcheco da Avast que educa crianças sobre segurança online. Seguindo a dica, os pesquisadores da empresa encontraram 11 aplicativos envolvidos em golpes semelhantes.

Vale notar que muitos desses apps foram promovidos por três usuários do TikTok, sendo que um deles tinha mais de 300 mil seguidores; um usuário do Instagram também estava promovendo alguns desses apps.

Publicidade

Os aplicativos em questão se passavam como sendo de entretenimento, de papéis de parede ou até de download de músicas; alguns deles veiculavam anúncios intrusivos, enquanto outros cobravam algo entre US$2 e US$10. A fim de evitar que usuários apagassem os apps, muitos deles simplesmente escondiam seus ícones — o que, é claro, dificulta a identificação da origem dos anúncios.

Segundo a Avast, os apps fazem alegações enganosas sobre suas funcionalidades, veiculando anúncios fora do próprio app e ocultando seu ícone — violações claras dos termos de serviço das lojas da Apple e do Google.

A empresa disse que notificou a Apple e o Google sobre tais aplicativos, alertando também o TikTok e o Instagram sobre as contas que estavam promovendo os aplicativos. O Google — único a comentar sobre o assunto — confirmou que já apagou os apps em questão; na App Store, contudo, muitos deles continuam disponíveis.

Publicidade

Por essas e outras, é importante que crianças sejam educadas sobre segurança online — afinal, não fosse essa denúncia, esses apps fraudulentos poderiam continuar fazendo um grande estrago por aí. No mais, não custa sempre verificar se a empresa/o desenvolvedor é conhecido, os reviews dos aplicativos e também controlar o que os pequenos andam instalando em seus aparelhos.

via Ars Technica

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apps redesenhados no macOS Big Sur

macOS Big Sur chega à sua oitava versão beta

Próximo Artigo
iWork

Suíte iWork é atualizada com novidades focadas no iOS/iPadOS 14

Posts Relacionados