Aviso: chamadas na versão gratuita do Google Meet terão limite de 1h a partir de 30/9

Google Meet

Em abril passado, o Google Meet (ferramenta premium de videoconferência da empresa) se tornou gratuito para todos os usuários. Eles antes era basicamente usado por empresas, escolas e governos, mas com a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), esse movimento do Google fez todo sentido.

Publicidade

A ferramenta é muito simples de se usar e funciona — como basicamente todos os serviços do Google — muito bem. Mas, se você é um dos que vêm usando o Meet desde então, eu tenho um lembrete ruim para lhe dar.

Da mesma forma que tornou gratuito o uso da ferramenta, o Google impôs um limite que entrará em vigor no dia 30 de setembro — ou seja, na quarta-feira da semana que vem. A partir dessa data, as reuniões pela ferramenta (na versão gratuita, é bom deixar claro) terão um limite de 60 minutos.

Vale notar que o Google não está sozinho nessa: o Zoom, por exemplo, tem limite de 40 minutos na versão gratuita do serviço.

Caso reuniões mais longas sejam imprescindíveis para o seu uso, saiba que o plano básico do G Suite, o qual custa R$24,30 por mês, já contempla o Google Meet (além de 30GB de armazenamento no Drive, email comercial e mais).


Ícone do app Google Meet

Google Meet

de Google LLC

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 48.0.0 (145.2 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…