Fortnite já acumula mais horas de jogo do que a história da humanidade

Fortnite no iPhone

Não há dúvida de que Fortnite é o jogo mais popular de todos os tempos, mas uma pesquisa da GAME nos deu uma ideia do que isso representa. De acordo com ela, o título de battle royale já acumulou mais horas de jogo do que o tempo de existência dos seres humanos na Terra! 😳

Publicidade

Mais especificamente, Fortnite foi jogado por um total acumulado de 3,8 bilhões de dias, que se traduz em 10,4 milhões de anos. Esse período é bem maior do que do registro do Sahelanthropus tchadensis (considerado um dos hominínios mais antigos da linhagem humana, cuja existência pode ter ocorrido há 7 milhões de anos).

Tabela de tempo gastos com jogos

Os outros jogos listados não chegam nem perto dos números surpreendentes de Fortnite. Após o título da Epic temos World of Warcraft, o qual possui pouco mais da metade do tempo jogado em Fortnite.

Existem muitos fatores que influenciam a popularidade de Fortnite: por um lado, o jogo é gratuito e está disponível em múltiplas plataformas (agora não mais no iOS).

Publicidade

Vale notar, porém, que isso nem sempre foi assim; na verdade, alguns argumentariam que o jogo foi um fracasso no começo. De fato, a popularidade dele só alavancou dois meses após o seu lançamento (em julho de 2017) quando a Epic Games afastou-se do modo de campanha baseado em história e lançou a versão battle royale, gratuita.

Epic Games vs. Apple

Atualmente, como muitos devem saber, a Epic Games está travando uma batalha contra a Apple.

As hostilidades começaram quando a desenvolvedora ofereceu aos jogadores a chance de realizar suas compras no jogo por meio de um sistema de pagamento próprio, sem usar a solução criada pela Maçã — justamente para privá-la de receber a comissão de 30% por cada compra feita dentro do app.

Publicidade

A Apple respondeu removendo Fortnite da App Store e, desde então, a briga (também judicial) vem só escalando.

via Cult of Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…