Sensibo Air + Room

Eu adoro a ideia de deixar minha casa mais inteligente. Na teoria, é lindo pensar em automatizar um monte de coisas para que tudo aconteça numa simples interação com a Siri, no toque de um botão ou algo do tipo. Na prática… bem, isso exige um belo investimento.

Publicidade

A boa notícia é que nem sempre você precisa comprar um novo produto em questão, trocando a versão “burra” por uma “inteligente”. Em muitos casos, você pode simplesmente comprar um acessório que torna esse aparelho inteligente — e entre comprar um novo ar-condicionado ou um simples acessório que o transforma, eu fico com a segunda opção. É o caso da dupla Sensibo Air + Room.

Sensibo Air + Room

O Air é o responsável por se comunicar com o seu ar-condicionado (seja ele um split ou de janela — desde que ele tenha um controle remoto). Já o Room é um sensor que monitora o ambiente e lhe dá informações importantes como umidade/temperatura; ele também é capaz de detectar movimentos, para que você possa criar cenários (falarei sobre isso abaixo).


Ícone do app Sensibo

Sensibo

de Sensibo Inc.

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 3.3.21 (117.4 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

A configuração é bem simples: tudo o que você precisa fazer é baixar o app oficial e criar uma conta para interagir com os acessórios. O Air funciona ligado à tomada (com direito a adaptador compatível com as nossas tomadas), enquanto que o Room pode ser posicionado de forma mais livre, já que é alimentado por duas pilhas AAA.

Pelo menos aqui, fazer o Air conversar com o ar-condicionado foi muito simples. Ao configurar o Air, ele pede para você pegar o controle do ar-condicionado e apertar o botão de ligar próximo ao sensor. Depois de alguns poucos toques, o Sensibo Air já estava conectado ao meu split.

Publicidade

E, aí, a brincadeira começa! Pelo app você pode controlar coisas como modo (vento, frio, quente, etc.), velocidade do vento, direção do ar, timer, etc. — ou seja, substituir o seu controle remoto pelo iPhone.

App Sensibo

Mas o legal mesmo é poder criar agendamentos como, por exemplo, ligar o ar todos os dias às 23h em 22ºC e desligá-lo todos os dias às 7h, por exemplo. Ou então criar cenários mais elaborados usando o Sensibo Room como gatilho, como por exemplo fazer o ar-condicionado ligar (escolhendo modo, temperatura, velocidade do vento, direção, etc.) todos os dias a partir das 22h caso algum movimento seja percebido no quarto — ou seja, caso você esteja viajando, o aparelho permanecerá desligado.

App Sensibo

Saindo desse cenário de agendamentos, você pode também criar regras como ligar (independentemente de horários) sempre que tiver movimento no ambiente — e desligar o ar caso alguém saia do cômodo depois de tantos minutos; ativar o aparelho caso a quarto atinga uma determinada temperatura — e desligar depois que tudo atingir tantos graus; etc.

Para fechar as muitas possibilidades, você pode também criar cercas virtuais para ligar/desligar o ar quando você chegar/sair de casa.

App Sensibo

A parte chata é que o Sensibo não é compatível com o HomeKit, então você não conseguirá controlá-lo pelo app Casa (Home) nem criar cenas integradas a outros dispositivos inteligentes que possua. Ainda assim, é possível adicionar atalhos para diversas coisas. Eu, por exemplo, criei três: um para ligar o ar, outro para ligar o vento e outro que desliga o aparelho.


Ícone do app Atalhos

Atalhos

de Apple

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 2.2.2 (142.8 MB)
Requer o iOS 12.0 ou superior
App Sensibo

Além de controlar tudo isso por comandos de voz, com o watchOS 7 você pode adicionar esses atalhos no relógio e comandar tudo também via toques pelo pulso.

Nos meus testes, o que me incomodou mais no Sensibo Air + Room é o fato de ele não ter essa integração com o HomeKit e de eu não conseguir desligar o LED do split (que informa a temperatura) — se o ar estiver ligado sem o LED e você mexer nas configurações dele pelo Sensibo, tudo permanecerá desligado; mas se você ligar o ar pelo app/sensor, aí só desligando manualmente mesmo usando o controle remoto.

Publicidade

Também não há uma maneira simples de trocar a conexão do Sensibo Air com a sua rede Wi-Fi caso você mude a senha ou o nome da rede — você precisará redefinir o sensor e fazer essa conexão novamente.

No mais, o app Sensibo não tem suporte ao português, o que pode ser ruim para algumas pessoas. Algumas integrações — que eu julgo serem mais superficiais, que não enxerguei como necessárias — exigem uma assinatura do Sensibo Plus, que custa R$12,90 por mês ou R$124,90 por ano para um dispositivo.

O Sensibo Air + Room está saindo por US$180 (o preço normal é de US$200) e tem entrega gratuita para o Brasil — o que não quer dizer que a alfândega não taxará o produto, obviamente.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…