iPhones 12 Pro e 12 Pro Max são lançados com 5G e scanner LiDAR Temos também captura e edição de vídeos Dolby Vision HDR

iPhone 12 Pro na cor azul pacífico, na diagonal

Além dos iPhones 12 e 12 mini, a Apple lançou hoje também os iPhones 12 Pro e 12 Pro Max, os modelos topos-de-linha da nova geração de smartphones da empresa.

Publicidade

Eles contam, obviamente, com todas as novidades introduzidas na linha “comum”, incluindo suporte a redes 5G, chip A14 Bionic, Ceramic Shield (um novo escudo sobre o vidro que aprimora bastante a resistência do aparelho) e MagSafe. Mas contam também com grandes diferenciais, é claro.

Para início de conversa, temos o belo design com aço inoxidável e vidro fosco na traseira — em quatro cores, prateado, grafite, dourado e “azul pacífico”. Com bordas reduzidas, foi possível aumentar o tamanho das telas alterando muito pouco o tamanho dos aparelhos: agora, são telas de 6,1 polegadas (no 12 Pro) e 6,7 polegadas (12 Pro Max) — ainda, claro Super Retina XDR OLED1.

Também temos todo o poder do chip A14 Bionic, que tornou ainda melhor o modo Deep Fusion das câmeras — sim, câmeras, pois agora todas as câmeras do aparelho podem usar o modo. Falando nelas, temos aqui uma lente teleobjetiva, uma grande-angular e uma ultra-angular, exatamente como antes. A teleobjetiva, agora, permite aproximação de até 4x no 12 Pro e de 5x no 12 Pro Max.

O iPhone 12 Pro Max tem um sistema ainda mais avançado, com uma lente grande-angular f/1.6 com sensor 47% maior. A estabilização de imagens passa a ser sensor-shift, ocorrendo diretamente no sensor, em vez de na lente.

Os iPhones 12 Pro ganharão também um novo recurso, chamado Apple ProRAW. Acessível no próprio aplicativo câmera, a tecnologia combinará os recursos da fotografia computacional com o formato RAW, capaz de realizar edições dinâmicas — ajustes como nitidez e balanço de branco tornam-se “instruções”, e não mais alterações no próprio arquivo da imagem. Será possível editar essas imagens no próprio iPhone ou em aplicativos profissionais (a Apple liberará uma API2 para isso). A tecnologia será liberada até o fim do ano.

Sobre vídeo, os iPhones 12 Pro terão gravação em HDR 10-bit, com captura de 700 milhões de cores (60x mais que antes). Também tratam-se das primeiras câmeras de smartphone capazes de gravar em Dolby Vision HDR, tudo em 4K a 60 quadros por segundo. Será possível, inclusive, editar esses arquivos diretamente pelo app Fotos e aplicar filtros — o Dolby Vision será reajustado automaticamente a cada ajuste feito pelo usuário.

Também temos, aqui, o scanner LiDAR, capaz de escanear um ambiente em 3D para trazer experiências de realidade aumentada ainda mais precisas e realistas — como já vimos nos iPads Pro. O sensor também permite um autofoco mais rápido nas câmeras: em pouca luz, ele está até seis vezes mais rápido. Por conta dele, também será possível usar o Modo Retrato com o Modo Noite ativado.

A resistência IP68 foi também aprimorada nos novos modelos, suportando agora submersão por até 6m durante meia-hora.

Os novos iPhones Pro partirão dos US$1.000 (12 Pro) e dos US$1.100 (12 Pro Max), assim como os iPhones 11 Pro. A capacidade mínima será dobrada, também: os aparelhos mais baratos partirão, agora, dos 128GB, com os outros modelos permanecendo em 256GB e 512GB. Assim como os iPhones 12 e 12 mini, eles não terão mais em suas caixas os fones de ouvido EarPods e nem o carregador de parede.

Os iPhones 12 e iPhone 12 Pro entrarão em pré-venda nesta sexta (16/10, com disponibilidade para o dia 23/10). Já os iPhones 12 mini e 12 Pro Max terão sua pré-venda iniciada em 6 de novembro, chegando ao mercado em 13/11.


PATROCÍNIO

A iPhoneBEL é uma loja de tecnologia inovadora, voltada para soluções inteligentes e focada em dispositivos Apple. Ela oferece um mundo de acessórios, suprimentos e as últimas tendências em tecnologia. É a sua melhor opção em acessórios e suprimentos premium pra toda a linha Apple.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…