Mycons é um app completo para personalizar a tela do iPhone Mais uma boa opção para deixar o iPhone com a sua cara

Nós já comentamos alguns apps que possibilitam criar uma variedade de designs para a tela de início do iPhone a partir de widgets e ícones personalizados, e agora mais um desses apps debutou na App Store: o Mycons.

Publicidade

O Mycons possui ferramentas para personalizar ícones e também oferece pacotes de temas pré-customizados — caso design não seja sua praia ou então você goste de um visual específico.

Se você deseja criar seus próprios ícones, pode usar a seção “Icon Studio” para começar. Algumas funcionalidades introdutórias são oferecidas gratuitamente e uma compra única de R$38 libera todas as funcionalidades do app.

Uma vez que todos os recursos de personalização do “Icon Studio” forem desbloqueados, você verá que eles são bastante extensos: você pode escolher cores sólidas, gradientes ou até mesmo uma foto como plano de fundo do ícone, entre outras opções.

Icon Studio do Mycons

O Mycons também inclui um banco de dados com milhares de símbolos e logotipos para escolher. Para alguns dos aplicativos mais populares (Facebook, Twitter, YouTube ou Snapchat) você ainda encontrará algumas opções variantes dos ícones padrões.

Como dissemos, se você não quer construir seus próprios ícones, o Mycons também oferece pacotes que você pode comprar. O preço deles varia de R$30 a R$38 e inclui um conjunto de planos de fundos para combinar com os ícones personalizados — em alguns casos, eles também estão disponíveis em várias cores e estilos.

Publicidade

O app também está permitindo que outros designers possam enviar suas próprias criações para serem comercializadas dentro do app, mas o desenvolvedor Daniel McCarthy alerta que nem todos os projetos serão aceitos — apenas opções selecionadas para “garantir que todas as criações sejam exclusivas e de alta qualidade”.


Ícone do app Mycons - Aesthetic App Icons

Mycons - Aesthetic App Icons

de Daniel McCarthy

Compatível com iPhones
Versão 1.02 (6.2 MB)
Requer o iOS 14.0 ou superior

via TechCrunch

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…