Apple Watch pode fazer ECG de múltiplos pontos, diz estudo Com o tempo, o relógio poderá detectar outras condições além da fibrilação atrial

O recurso de eletrocardiograma (ECG), que estreou no Apple Watch Series 4 há cerca de dois anos (e aterrissou no Brasil apenas há alguns meses), representou um dos maiores saltos já realizados pela Maçã na área de saúde. Afinal de contas, estamos falando de uma medição antes feita exclusivamente por profissionais da área médica — ainda que o ECG do Watch não substitua exames tradicionais/mais completos, ele pode ser um bom aliado na detecção de possíveis problemas, afinal de contas.

Publicidade

O propósito do ECG do Apple Watch, naturalmente, não é fornecer todos os dados que um exame completo daria — principalmente porque estamos falando aqui de uma medição de um único ponto (o pulso do usuário), e não de múltiplos pontos como num ECG tradicional. Pois agora, vejam só: aparentemente, o relógio da Maçã também é capaz de realizar ECG de múltiplos pontos.

Um estudo publicado recentemente na Journal of the American Medical Association (JAMA, uma das revistas científicas de medicina mais conceituadas do mundo) detalhou a possibilidade de usuários e profissionais da área realizarem ECG com o Apple Watch não apenas no pulso, mas em vários pontos do tórax e do abdômen.

A técnica pode ser realizada ativando o ECG normalmente no relógio e segurando o dispositivo com o dedo indicador na Digital Crown e os sensores inferiores nas seguintes partes do corpo:

E quais seriam os benefícios da técnica, afinal de contas? Bom, os profissionais da área podem obter informações mais técnicas no artigo completo publicado na JAMA, mas basicamente o ECG de múltiplos pontos consegue detectar outras possíveis condições cardíacas e potenciais problemas na saúde do usuário, como sinais de ataque cardíaco.

Comparativamente, o ECG tradicional do Watch (realizado somente no pulso) é capaz de alertar somente sobre possíveis sinais de fibrilação atrial. O estudo mostrou que os resultados do Watch com as medições de múltiplos pontos foram bem próximos daqueles obtidos por exames tradicionais, com taxa de precisão circulando na casa dos 90%.

Publicidade

Por fim, o que fazer com essa descoberta? Desde já, médicos e profissionais da área podem solicitar que seus pacientes realizem as medições de múltiplos pontos e enviem os resultados — com os dados brutos gerados pelo Watch, os profissionais podem analisar padrões e sinais de problemas no paciente, liberando os equipamentos profissionais para casos mais urgentes, por exemplo.

A Apple também pode aproveitar os resultados, claro, para aprimorar ainda mais as capacidades de saúde do Watch — adicionando, quem sabe, um recurso específico para esse tipo de medição que possa alertar sobre possíveis sinais de outros problemas num futuro não muito distante. Vamos ver.


Apple Watch Series 6

de Apple

Preço à vista: a partir de R$4.769,10
Preço parcelado: em até 12x de R$441,58
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Materiais: alumínio, aço inoxidável ou titânio
Características: GPS ou GPS + Cellular
Cores: diversas
Lançamento: setembro de 2020

Botão - Comprar agora

dica do Henrique Autran e do Lucas Simões

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…