Grupo contra políticas da App Store está crescendo rapidamente Aparentemente, o medo da retaliação ficou para trás

Coalition for App Fairness

No mês passado, falamos aqui sobre a Coalition for App Fairness (Coalizão pela Justiça nos Apps), grupo formado por empresas como a Epic Games, o Spotify, o Deezer e a Tile, que tem como objetivo contestar as políticas — segundo eles, predatórias — da App Store, lutar contra o suposto monopólio no mercado de aplicativos e pressionar a Apple por taxas e diretrizes mais razoáveis.

Publicidade

O fato é que, pouco mais de um mês após o lançamento da iniciativa, o grupo está crescendo rapidamente: das 13 empresas fundadoras, agora já são 40 companhias fazendo parte da coalizão. E o grupo já tem mais de 400(!) solicitações de participação de outras empresas, aparentemente.

Entre as companhias recém-chegadas está a Down Dog, criadora do aplicativo de ioga de mesmo nome que envolveu-se numa polêmica com a Apple há alguns meses. Segundo o seu cofundador, a empresa “perdeu há muito tempo a fé de que a Apple tratará bem os desenvolvedores”, afirmando que a decisão de juntar-se ao grupo veio após interações recentes com a equipe da App Store.

Outras empresas também entraram na coalizão após frustrações diversas com a Apple e as políticas da loja. A SpanishDict, por exemplo, citou rejeições sucessivas dos seus apps com justificativas inconsistentes, bem como a exigência da Maçã de usar o “Iniciar sessão com a Apple” em seus aplicativos.

Já a Passbase, que tem uma solução parecida com a ferramenta de login da Maçã, afirmou que foi injustamente banida da loja, ainda que concorrentes com propósitos semelhantes estejam disponíveis na App Store. Outras empresas recém-chegadas ao grupo incluem a Gift Card Offerwall, o estúdio Green Heart Games, o aplicativo musical Qobuz, a desenvolvedora Beonex e muito mais.

Publicidade

No geral, duas coisas ficam evidentes: a primeira é que os desenvolvedores estão perdendo o medo de sofrer retaliações por parte da Apple ao divulgarem suas insatisfações com os métodos da App Store. A segunda é que a coalizão está rapidamente tornando-se uma reunião de todas as empresas, startups e desenvolvedoras que já sofreram algum tipo de revés na loja da Maçã.

Ou seja: pode ser que esteja se formando, aqui, uma força considerável na atual batalha travada pela Apple — e no campo oposto. Vamos acompanhar.

via TechCrunch

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…