O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Grupo contra políticas da App Store está crescendo rapidamente

Aparentemente, o medo da retaliação ficou para trás
Coalition for App Fairness

No mês passado, falamos aqui sobre a Coalition for App Fairness (Coalizão pela Justiça nos Apps), grupo formado por empresas como a Epic Games, o Spotify, o Deezer e a Tile, que tem como objetivo contestar as políticas — segundo eles, predatórias — da App Store, lutar contra o suposto monopólio no mercado de aplicativos e pressionar a Apple por taxas e diretrizes mais razoáveis.

Publicidade

O fato é que, pouco mais de um mês após o lançamento da iniciativa, o grupo está crescendo rapidamente: das 13 empresas fundadoras, agora já são 40 companhias fazendo parte da coalizão. E o grupo já tem mais de 400(!) solicitações de participação de outras empresas, aparentemente.

Entre as companhias recém-chegadas está a Down Dog, criadora do aplicativo de ioga de mesmo nome que envolveu-se numa polêmica com a Apple há alguns meses. Segundo o seu cofundador, a empresa “perdeu há muito tempo a fé de que a Apple tratará bem os desenvolvedores”, afirmando que a decisão de juntar-se ao grupo veio após interações recentes com a equipe da App Store.

Outras empresas também entraram na coalizão após frustrações diversas com a Apple e as políticas da loja. A SpanishDict, por exemplo, citou rejeições sucessivas dos seus apps com justificativas inconsistentes, bem como a exigência da Maçã de usar o “Iniciar sessão com a Apple” em seus aplicativos.

Já a Passbase, que tem uma solução parecida com a ferramenta de login da Maçã, afirmou que foi injustamente banida da loja, ainda que concorrentes com propósitos semelhantes estejam disponíveis na App Store. Outras empresas recém-chegadas ao grupo incluem a Gift Card Offerwall, o estúdio Green Heart Games, o aplicativo musical Qobuz, a desenvolvedora Beonex e muito mais.

Publicidade

No geral, duas coisas ficam evidentes: a primeira é que os desenvolvedores estão perdendo o medo de sofrer retaliações por parte da Apple ao divulgarem suas insatisfações com os métodos da App Store. A segunda é que a coalizão está rapidamente tornando-se uma reunião de todas as empresas, startups e desenvolvedoras que já sofreram algum tipo de revés na loja da Maçã.

Ou seja: pode ser que esteja se formando, aqui, uma força considerável na atual batalha travada pela Apple — e no campo oposto. Vamos acompanhar.

via TechCrunch

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Comercial do iPad Air

Comercial do novo iPad Air destaca as cores do tablet

Próximo Artigo
Apple TV

App do YouTube tem mais problemas na Apple TV de 3ª geração

Posts Relacionados