Facebook lança serviço de jogos na nuvem e cutuca a Apple (de novo) A plataforma, ao menos inicialmente, não chegará ao iOS

Jogos na nuvem no Facebook Gaming

E era inevitável: depois do Google, da Microsoft e da Amazon, hoje foi a vez do Facebook de lançar uma plataforma de jogos na nuvem.

Publicidade

A rigor, os planos de Mark Zuckerberg na área são muito menos ambiciosos que os das rivais: os jogos na nuvem ficam numa área do aplicativo Facebook Gaming, já existente, e são focados em títulos do mundo móvel — ao contrário de xCloud, Stadia e companhia, que querem competir cara a cara com os consoles e trazer títulos AAA do mundo dos jogos. A ideia é tornar a experiência em jogos mais social, mais simples de se acessar e mais divertida.

O problema é que… bom, como vocês deveriam imaginar, nada disso chegará ao iOS — ao menos por ora. Como já comentamos, as políticas recém-atualizadas da App Store admitem serviços de jogos na nuvem, mas de uma forma que basicamente nenhuma empresa está inclinada a se submeter: exigindo que cada jogo seja oferecido como um app avulso, com envio e atualizações aprovadas pela Apple e (claro) a comissão de 30% nas transações internas.

No post anunciando a novidade, é óbvio que o Facebook aproveitou algumas linhas para desferir mais uma bela cutucada às políticas da Maçã:

Publicidade

Infelizmente, não estamos lançando jogos na nuvem no iOS. Somente as pessoas que jogam em dispositivos Android e na web desfrutarão de jogos na nuvem integrados no Facebook enquanto trabalhamos em opções alternativas para iOS. Mesmo com a nova política de jogos na nuvem da Apple, não sabemos se o lançamento na App Store é um caminho viável. “Claro, sempre há a internet aberta”. Por isso, talvez os navegadores móveis se tornem uma opção, mas há limitações para o que podemos oferecer no Safari. Embora nosso caminho para o iOS seja incerto, uma coisa é certa. A Apple trata os jogos de maneira diferente e continua a exercer controle sobre um recurso muito precioso. Fiquem ligados enquanto trabalhamos para encontrar a melhor maneira de as pessoas jogarem quando e como quiserem, independentemente do dispositivo que compraram. 

Sobre taxas e comissões, o Facebook ficará com 30% das transações realizadas na versão web do serviço. Quando essas transações forem realizadas no aplicativo do Facebook Gaming para Android, entretanto, a empresa não ficará com nada — isso porque o Google já ficará com os seus 30%.

Os jogos na nuvem do Facebook Gaming serão lançados em fases: inicialmente, apenas usuários de alguns estados dos EUA poderão ter acesso à novidade, por conta da estrutura de servidores que está sendo montada pela empresa para a plataforma; a disponibilidade será expandida rapidamente, segundo a empresa. Alguns dos títulos iniciais incluem Asphalt 9: Legends, Mobile Legends: Adventure, PGA TOUR Golf Shootout e WWE SuperCard.

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…