Ontem, como falamos, a Apple liberou o macOS Big Sur 11.0.1 beta — antes mesmo de lançar o sistema operacional desktop para o grande público. O motivo? Bem, nós vivemos isso há algumas semanas, quando a empresa lançou uma versão beta do iOS/iPadOS 14.2 sem nem mesmo ter lançado a 14.1.

Publicidade

A explicação mais plausível, aqui, é que o macOS 11.0 já está devidamente instalado em algum novo Mac que será lançado e, por isso, a Apple tratou de continuar os testes do Big Sur com uma versão mais adiantada dele, escondendo essas possíveis pistas do sistema. Bem, não deu muito certo; isso porque encontraram referências a três novos Macs no novo sistema que está em testes. 😛

O macOS Big Sur 11.0.1 menciona 3 Macs não lançados distintos, todos com lançamento previsto para 2020. Na beta 10, apenas um deles estava presente.

Essas referências podem ser encontradas na pasta /System/Library no macOS — foi assim, inclusive, que descobriam que o MacBook Pro de 16 polegadas seria lançado em 2019. Eis os arquivos:

  • MacHardwareTypes-2020f.bundle
  • MacHardwareTypes-2020g.bundle
  • MacHardwareTypes-2020h.bundle

Desses três arquivos, dois são novos e um deles já estava presente na décima versão beta do macOS Big Sur.

Publicidade

Não há como saber exatamente quais Macs estão ligados a essas referências, mas é fato que vem coisa nova por aí até o fim do ano — resta saber se são três novos Macs ou se os três arquivos são relacionados a um único modelo.

Tudo pode acontecer. A Apple pode muito bem lançar apenas um único Mac no rumorado evento especial de novembro (o primeiro com silício da empresa), como também pode apresentar esse suposto novo Mac ao lado de um ou dois modelos ainda com chips da Intel — algo que ela já disse que aconteceria.

Só nos resta, claro, esperar para ver.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…