MacBook Pro puxou alta em vendas de Macs no trimestre Surpreendente, não?

MacBook Pro de 13"

A conferência foi ontem, mas continuamos trazendo os destaques informados pela Apple após a divulgação dos seus resultados financeiros do quarto trimestre fiscal de 2020. Agora, o foco é nos Macs.

Publicidade

Mais especificamente, a Maçã informou que o principal responsável pelo recorde de faturamento no setor, surpresa, foi o MacBook Pro. Para quem não acompanhou, o setor de Macs rendeu, no último trimestre, uma receita de US$9 bilhões — alta de 29% em relação ao mesmo período do ano anterior, e parte da razão para a Apple ter conquistado recordes em seu desempenho geral mesmo com a queda nos iPhones.

Digo que o MacBook Pro é uma surpresa porque, em tempos de pandemia, crise, trabalho em casa e ensino remoto, era de se esperar que o MacBook Air — mais barato — se sobressaísse sobre os modelos mais dispendiosos. Não foi o caso, entretanto.

Todos os modelos de MacBooks, vale lembrar, foram atualizados (bem) antes do quarto trimestre fiscal: a geração mais recente do Air chegou em março passado, enquanto o Pro de 13 polegadas foi atualizado no início de maio. Já o MacBook Pro de 16 polegadas vai fazer aniversário de um ano já agora, em novembro — quem sabe com uma atualização à vista?

Publicidade

Ficamos na espera, portanto, para saber como o lançamento de novos Macs (especialmente os equipados com Apple Silicon) afetará esses números nos próximos trimestres. Palpites?


Botão - Comprar agora

MacBook Pro de 13″

de Apple

Preço à vista: a partir de R$12.806,10
Preço parcelado: em até 12x de R$1.185,75
Características: chip M1
Cores: cinza espacial ou prateado
Lançamento: 2020

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…