O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

MacBooks Pro de 13″ mais caros continuam com chips Intel

O Mac mini também tem uma versão com chip antigo

O dia hoje foi dedicado ao chip M1 e aos primeiros Macs equipados com o processador projetado pela Apple. Só que há um detalhe que pode ter passado despercebido: enquanto o MacBook Air está fazendo a transição para o Apple Silicon em 100% da linha, o mesmo não pode ser dito do MacBook Pro de 13 polegadas ou do Mac mini.

Publicidade

Dê uma olhada nas páginas de compra dos novos computadores (Pro, mini): as versões mais caras do Pro e do mini continuam com chips Intel — ou, mais precisamente falando, elas continuam exatamente iguais em todos os sentidos. As versões que continuam intactas são as de US$1.799 (R$23.899) e de US$1.999 (R$26.399) do Pro de 13″, e a de US$1.099 (R$13.699) do Mac mini.

Vejam, abaixo, todas as versões padrão disponíveis das novas máquinas:

MacBook Pro de 13 polegadas

  • Chip M1, 8GB de memória unificada, SSD de 256GB: US$1.299 ou R$17.299
  • Chip M1, 8GB de memória unificada, SSD de 512GB: US$1.499 ou R$19.799
  • Chip Intel Core i5 quad-core de 2GHz (10ª geração) com gráficos Iris Plus, 16GB de memória e SSD de 12GB: US$1.799 ou R$23.899
  • Chip Intel Core i5 quad-core de 2GHz (10ª geração) com gráficos Iris Plus, 16GB de memória e SSD de 1TB: US$1.999 ou R$26.399.

Mac mini

  • Chip M1, 8GB de memória unificada, SSD de 256GB: US$699 ou R$8.699
  • Chip M1, 8GB de memória unificada, SSD de 512GB: US$899 ou R$11.199
  • Chip Intel Core i5 six-core de 3GHz (8ª geração) com UHD Graphics 630, 8GB de memória e SSD de 512GB: US$1.099 ou R$13.699

Vale notar que os preços tiveram — claro — saltos nada apetitosos no Brasil, como vimos aqui. 😓

A lógica da Apple, aqui, é clara: enquanto o MacBook Air é uma máquina direcionada a usuários mais casuais (e pode, portanto, fazer a transição imediata para o chip M1 em toda a linha), o Pro de 13″ e o mini têm públicos diferentes, que podem querer usar os computadores em aplicações avançadas profissionais — neste caso, portanto, os usuários poderão optar se já farão o salto para o Apple Silicon ou se continuarão na Intel por mais alguns anos.

Já temos um artigo completo falando sobre esse dilema, inclusive.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Dinheiro (notas e moedas de real)

Macs estão mais caros no Brasil; confira os novos preços

Próximo Artigo
macOS Big Sur

Apple libera 2ª Release Candidate do macOS Big Sur 11.0.1

Posts Relacionados