Review: Roku Express torna sua TV inteligente [atualizado: Disney+]

Roku Express

Eu sempre gostei bastante da minha Apple TV. Mas essa relação acabou mudando um pouco por dois motivos bem simples.

Publicidade

O primeiro é o fato de as smart TVs agora virem com basicamente todos os apps que você poderia imaginar. Coloque nesse bolo os que mais me interessam, como Netflix, Apple TV, Amazon Prime Video, HBO GO, Telecine, Globoplay, Premiere, Plex, entre outros. Alguns modelos de smart TVs vêm inclusive com suporte ao AirPlay 2 e ao protocolo HomeKit, deixando de lado praticamente qualquer necessidade de se ter uma Apple TV.

A segunda, obviamente, é financeira. Seja no Brasil ou em qualquer outro país, a Apple TV custa caro para o que ela entrega. A experiência é ótima, sem dúvida, mas o custo-benefício não agrada.

Se você tem uma smart TV nova, ótimo! Não há com o que se preocupar. Mas e se você tem uma TV antiga? Será que vale a pena investir numa Apple TV ou em algum outro dispositivo? Se a sua necessidade é ter acesso a alguns dos serviços supracitados, vale a pena conhecer o Roku Express. Eu estou testando o produto há alguns meses e compartilharei abaixo um pouco dessa experiência.

O produto

Lançado no Brasil no começo de setembro, ele oferece muita coisa boa por um preço muito menor que o da Apple TV mais barata atualmente. Com o Roku Express, temos acesso a inúmeros serviços como Netflix, Apple TV, Amazon Prive Video, HBO GO, Globoplay, Spotify, VEVO, Telecine, Google Play Filmes, Plex, STARZPLAY, NBA, DAZN, PlayKids e muitos outros.

A maioria desses serviços exige uma assinatura. Mas o catálogo do Roku Express conta com inúmeros conteúdos gratuitos como Bloomberg, Red Bull TV, etc. — é claro que poucas pessoas de fato se interessam por eles (especialmente os milhares desconhecidos), mas não custa saber que eles existem e estão ali, caso você queria dar uma “zapeada”.

Roku Express

O funcionamento do Roku Express é bem simples: dentro da caixa temos o aparelho em si, um cabo HDMI e um outro USB para você ligar à televisão (ou a um carregador USB qualquer) para alimentá-lo, o controle remoto (com duas pilhas AAA) e um adesivo para você fixar o Roku em algum lugar próximo à sua TV, caso seja necessário — se os cabos que acompanham o produto não forem longos o suficiente para você posicionar o Roku perto da TV, o jeito é colar nela mesmo.

Só não coloque ele atrás da sua TV pois o controle remoto funciona por infravermelho, então o caminho precisa necessariamente estar livre para você conseguir usá-lo — a não ser que você use o aplicativo Roku (mais sobre ele abaixo).

Após ligar os cabos, você precisa conectar o Roku Express à sua rede Wi-Fi e criar uma conta Roku para começar a brincadeira. Dica: faça isso logo antes de começar a instalação, pelo site da Roku, pois o processo é um pouco demorado.

Ainda assim, tudo é bem fácil — basta seguir as instruções na tela. E é fácil pois a interface do Roku, além de ser bem simples e agradável, conta com suporte ao nosso idioma. Até mesmo a resolução ideal para a sua TV o sistema ajuda a escolher, então você realmente só precisa seguir as instruções na tela para configurar. Se tudo der errado, há um botão de reset ali ao lado da entrada HDMI que é acessível com um clipe de papel ou um ejetor de cartões SIM do iPhone.

Controle remoto e interface

O controle remoto também é fácil de usar, com botões de acesso rápido aos serviços Netflix, Globoplay, HBO GO e Google Play.

Roku Express

Não há muito o que falar da interface do Roku Express. Na tela inicial você tem acesso aos apps instalados, a uma pesquisa (para achar tanto apps que deseja instalar na tela inicial quando conteúdos em si, como filmes e séries), aos canais de streaming (nome que o Roku dá aos apps) e às configurações do dispositivo/da sua conta.

Roku Express

Como muita gente já está para lá de acostumada com o conceito de instalar apps os quais ficam disponíveis na tela inicial, arrisco a dizer que qualquer pessoa que interaja com um smartphone saberá usar o Roku Express.

Sobre a pesquisa, uma coisa muito legal, como eu disse, é que ela serve tanto para achar apps de streaming quanto conteúdos em si. Então, se você digitar o nome de um filme, por exemplo, ela mostrará se ele está disponível no Netflix, no Prime Video, para alugar no Apple TV…

O app que facilita

Para aqueles momentos mais chatinhos (digitar o login/senha de algum serviço, por exemplo), você pode recorrer ao app Roku, que basicamente transforma o seu iPhone num controle remoto mais parrudo já que ele conta com um teclado virtual e acesso direto a canais.


Ícone do app Roku

Roku

de ROKU INC

Compatível com iPhonesCompatível com Apple Watches
Versão 7.3.1 (121.3 MB)
Requer o iOS 11.0 ou superior
Screenshot do app RokuScreenshot do app RokuScreenshot do app Roku

Por ele, você também pode direcionar o áudio da TV para os fones de ouvidos conectados ao seu iPhone, o que é ótimo para continuar assistindo algo quando a casa precisa de silêncio. Além disso, pelo app pode também transmitir fotos e vídeos do seu aparelho para a TV (uma espécie de AirPlay), perfeito para mostrar aquelas fotos de uma viagem ou um vídeo para a família/amigos.

Só 1080p?

Alguns podem achar que o suporte máximo à resolução 1080p poderia ser um contra, mas como esse produto serve basicamente para ser usado em TVs mais antigas (justamente para transformá-las numa smart TV sem que você gaste uma boa grana), não há o menor sentido em oferecer suporte a 4K, por exemplo.

Claro que você pode usar o Roku Express numa smart TV 4K, mas aí os benefícios do produto meio que se esvaiam — você utilizará ele basicamente para ter acesso a algum app que a sua televisão não ofereça (como o Apple TV, já que só smart TVs mais novas contam com ele) ou para espelhar algum conteúdo do seu aparelho (novamente, caso a sua TV não conte com AirPlay ou algo do tipo).

No mais, a Roku tem produtos mais parrudos que o Express os quais contam com suporte a resolução 4K — eles só não estão disponíveis no Brasil, ainda.

Contras

As minhas críticas, na verdade, são bem poucas levando em conta a premissa do Roku Express. Mas nem por isso deixa de ser interessante pontuar.

Um deles é a falta de alguns conteúdos importantes — para mim, obviamente — como o Premiere (se você gosta de futebol, isso fará falta).

A impossibilidade de mapear os quatro botões fixos do controle que são destinados aos serviços Netflix, Globoplay, HBO GO e Google Play também é algo ruim — seria ótimo deixar essa escolha livre para o usuário, até porque o HBO GO deverá morrer para dar lugar ao HBO Max. 🤷🏻‍♂️

Também faltou uma opção de desligar o televisor pelo controle do Roku, bem como controlar o volume — ou seja, uma integração maior com a própria TV, eu diria.

Conclusão

O forte do Roku Express é, sem dúvida, o acesso a esses muitos serviços de streaming famosos em uma TV “antiga”, por um preço honesto.

O legal dele é que, por ser extremamente portátil e pequeno, você pode levá-lo em viagens mais longas para continuar vendo aquela série que está acompanhando ou aquele filme que queria ver em casa, mas não conseguiu.

Pelo preço, eu acredito que ele cumpre muito bem a finalidade de nos dar acesso aos serviços de streaming mais desejados. E por mais que eu tenha colocado como um dos pontos negativos a falta de um app do Premiere, por exemplo, nada impede que ele chegue à plataforma em algum momento no futuro, assim como outros importantes — ou alguém acha que o Disney+ ficará de fora?

Onde comprar?

O Roku Express está disponível por R$350 em lojas online como SubmarinoAmericanas.comShoptime, Casas Bahia, Extra.com.br, Pontofrio.comKaBuM!, bem como em lojas físicas.

Roku Express

Quem comprar um até o dia 20 de janeiro de 2021, leva ainda três meses de assinatura do Globoplay.

Atualização 13/11/2020 às 12:50

Se você estava nervoso com a possibilidade de a plataforma da Roku ficar de fora da festa do Disney+, bem, pode ficar mais calmo agora.

No dia 17/11, o serviço ficará disponível nos produtos Roku — inclusive no Roku Express! 😃

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…