O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Executivos da Apple falam de M1, Rosetta e Big Sur em entrevistas

Um verdadeiro tour pela mídia estrangeira

Ontem, trouxemos para cá os destaques de uma entrevista realizada pelo The Independent com alguns executivos da Apple — e focada, claro, no chip M1 que equipa os novos Macs lançados esta semana.

Publicidade

Pois ela não foi a única: a alta cúpula da Maçã está fazendo um verdadeiro tour por sites, jornais, revistas e canais do YouTube para falar sobre a nova era dos seus computadores pessoais. Abaixo, destacaremos três dessas novas entrevistas.

The Tech Chap

Para início de conversa, o YouTuber Tom Honeyands, do canal The Tech Chap, sentou-se (remotamente) com Bob Borchers (vice-presidente de marketing global da Apple) e Tim Millet (vice-presidente de arquitetura de plataformas da Maçã) numa entrevista em vídeo.

Uma das partes mais interessantes da conversa girou em torno do Rosetta 2, a camada de compatibilização que permitirá rodar apps x86 (ainda não adaptados para o M1) nos novos Macs. Como sabemos, esses aplicativos levarão um tempinho maior para iniciar na primeira vez em que forem abertos, mas, de resto, os usuários não deverão notar problemas em sua velocidade.

Segundo Millet:

Publicidade

Até no caso de apps que não foram traduzidos para o código nativo, em ARM, nossa expectativa é que os usuários não notarão diferença alguma. Mas quando você faz o salto para o app universal, quando você programa direto para o ARM, é nesse caso que eu acho que os desenvolvedores terão oportunidades para ajustar e tomar vantagem total do M1. Se você tem um aplicativo importante para o seu trabalho e tem receio quanto à transição, as chances são enormes de que tudo funcionará normalmente e você nem notará nada. E quando o app em questão for atualizado para o ARM, você sentirá vantagens enormes.

Vamos aguardar para ver, então.

Rene Ritchie

Enquanto isso, o jornalista Rene Ritchie conversou com Trisha Tierney (gerente de marketing do macOS) e Stephen Tonna (diretor de marketing das plataformas de produto da Apple). Aqui, a entrevista girou mais em torno do macOS Big Sur — que, como vocês sabem, já está disponível — e de como o novo sistema operacional da Maçã lida com a dicotomia entre Intel e M1.

Vale notar o histórico traçado pelos executivos e por Ritchie no início da conversa, falando sobre as transições realizadas pelo Mac ao longo da sua história e todas as decisões que levaram a Apple ao macOS Big Sur e ao M1. Eles também comentaram a linguagem de design do novo sistema — inspirada no iOS, mas de uma forma que pareça natural no Mac — e sobre o funcionamento dos apps do iOS/iPadOS nos computadores da empresa.

MKBHD

Por fim, o YouTuber Marques Brownlee, do MKBHD, também conversou com Tim Millet e Bob Borchers — no caso dele, entretanto, a entrevista foi publicada no podcast semanal de Brownlee, o Waveform.

O bate-papo girou em torno do M1, dos desafios de engenharia por trás da criação do novo chip, a integração trazida pelo processador entre todo o ecossistema da Apple e o potencial para o futuro.

Publicidade

Vale conferir — o episódio pode ser ouvido no Apple Podcasts.

via iMore

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Vídeo: comparativo entre iPhone 12 mini, 12 Pro e 12 Pro Max

Próximo Artigo
Velocímetro de speed test

Apple junta-se a grupo que trabalha no desenvolvimento do 6G

Posts Relacionados