O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

TweetDeck é atualizado com suporte nativo a Macs com M1

O Twitter está bem atento ao Apple Silicon, aparentemente

Pouco a pouco, alguns dos aplicativos mais populares do macOS vão ganhando atualizações para o rodar nativamente no chip M1. Hoje, foi a vez do TweetDeck — o aplicativo “avançado” para navegar no Twitter, mantido pela própria rede social do passarinho.

Publicidade

A versão 3.17 do app, liberada hoje mais cedo na Mac App Store, já traz suporte completo ao Apple Silicon e ao macOS Big Sur. Isso chega a ser uma surpresa porque, bom, no geral o Twitter não é lá muito apressado nas atualizações do TweetDeck — para se ter uma ideia, o update anterior do app era de abril do ano passado. Bom saber, então, que a empresa está de olho na nova era dos Macs e nas suas potencialidades.


Ícone do app TweetDeck by Twitter
TweetDeck by Twitter de Twitter, Inc.
Compatível com Macs
Versão 3.18 (5 MB)
Requer o macOS 10.12 ou superior
GrátisBadge - Baixar na Mac App Store Código QR Código QR
Screenshot do app TweetDeck by TwitterScreenshot do app TweetDeck by TwitterScreenshot do app TweetDeck by TwitterScreenshot do app TweetDeck by Twitter

Para quem está acompanhando, o aplicativo principal do Twitter para Macs também foi atualizado, no início da semana, com suporte ao chip M1 e algumas outras novidades (como um ícone já padronizado para o macOS Big Sur).

Quanto ao TweetDeck, não temos notícias se a versão liberada hoje traz outras novidades — as notas de lançamento falam apenas no Apple Silicon e no macOS Big Sur, então é de se esperar que os ajustes tenham sido apenas internos, mesmo. Ainda assim, boa notícia para quem gosta de navegar na rede do passarinho com um leque maior de opções.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Charlie Hunnam, protagonista de "Shantaram"

Apple TV+: produção de "Shantaram" é retomada com novo showrunner

Próximo Artigo
Pokémon GO Beyond

Pokémon GO em 2020: eventos pagos, atualizações, nível 50, estações e mais

Posts Relacionados