Desenvolvedor lista motivos para o chip M1 ser tão rápido Ele não falou nada além do óbvio, ainda assim…

Chip M1

Desde o lançamento dos Macs com chip M1, vimos diversos testes os quais provaram que as novas máquinas são extremamente potentes e superam facilmente muitos computadores topos-de-linha com chips da Intel. Com base em diversos benchmarks, o desenvolvedor Erik Engheim detalhou os motivos pelos quais o novo processador da Maçã é muito mais rápido que os da Intel.

Publicidade

Em primeiro lugar, ele aponta que o ‌M1‌ não é somente uma CPU1. Como explicamos nesse artigo, o chip da Apple é um SoC2, o que significa que ele aglomera uma série de outras tecnologias, como a GPU3 de 8 núcleos (7 núcleos em alguns modelos de MacBook Air), a RAM4, o controlador SSD5, o processador de sinal de imagem, a Secure Enclave e muito mais.

Vale notar que a Intel e a AMD também fornecem chips no estilo SoC — mas, como assinado por Engheim, a Apple está em uma posição vantajosa nessa área, pois em vez de focar em núcleos de CPU de uso geral, como suas concorrentes, a Maçã está se concentrando em chips especializados que lidam com tarefas específicas.

Isso é parte do motivo pelo qual muitas pessoas que trabalham com imagens e edição de vídeo com os Macs ‌[M1‌] estão vendo essas melhorias de velocidade. Muitas das tarefas que eles executam podem ser executadas diretamente em hardware especializado. Isso é o que permite que um Mac mini ‌com M1‌ barato codifique um arquivo de vídeo grande sem suar muito, enquanto um iMac caro tem todos os seus ventiladores a todo vapor e ainda não consegue acompanhar.

Ademais, a nova arquitetura de memória (unificada) permite que os núcleos do M1 troquem informações entre si — além de permitir que tanto a CPU quanto a GPU possam acessar a memória simultaneamente, em vez de copiar dados entre uma área e outra. Esse recurso, na prática, acelera a troca de informações para um desempenho geral mais rápido.

Ainda segundo Engheim, a Apple é capaz de integrar hardware e software de uma maneira “que a maioria das outras empresas não consegue replicar”, o que sempre dá ao iPhone e ao iPad uma vantagem sobre outros smartphones e tablets.

Claro que a Intel e a AMD podem simplesmente começar a vender SoCs completos. Mas o que eles devem conter? Os fabricantes de PCs podem ter idéias diferentes sobre o que eles devem conter. Você pode ter um conflito potencial entre Intel, AMD, Microsoft e fabricantes de PCs sobre que tipo de chips especializados devem ser incluídos, porque eles precisarão de suporte de software.

Justamente por isso, Engheim acredita que a Intel e a AMD estão em uma “situação difícil” por causa das limitações do conjunto de instruções CISC6, além do fato de que seus modelos de negócios não facilitam a criação de soluções de SoC para fabricantes de PC.

A Apple está dando uma bela sacudida na indústria.

via MacRumors

Posts relacionados

Comentários