E a saga do Windows no M1 continua! Já falamos aqui sobre a confirmação de que o sistema (em sua versão ARM) é capaz de rodar em Macs com os novos chips próprios da Apple, e hoje mais cedo trouxemos números comprovando que a sua performance, nos novos computadores da Maçã, é superior até mesmo à do Surface Pro X, da própria Microsoft.

Publicidade

Pois recentemente, chegamos à demonstração visual: o YouTuber Martin Nobel publicou um vídeo explicando o processo para virtualizar o Windows 10 ARM em um Mac M1 — e mostrando como o sistema se comporta nas novas máquinas da Apple.

Nobel utilizou o processo desenvolvido por Alexander Graf, empregando uma versão modificada da ferramenta de virtualização QEMU para instalar o Windows ARM64 Insider Preview no Mac. O processo é até relativamente simples — e a performance do sistema operacional na máquina é bastante satisfatória, como vocês podem ver acima.

O YouTuber rodou o Geekbench 5 e conseguiu números um pouco menores em relação àqueles que publicamos mais cedo, mas ainda assim maiores que o do Surface Pro X. Ele abriu a nova versão do Edge e conseguiu navegar na internet sem grandes problemas e foi capaz de rodar os jogos do Windows (como o Xadrez) com muita dignidade — vale lembrar que esse tipo de virtualização não conta com aceleração gráfica da GPU1, então a coisa toda está dependendo do poder de processamento “bruto” da máquina.

Resumindo a história: fica claro que o Windows está “pronto” para chegar aos Macs com M1. Só falta, agora, a Microsoft permitir que a versão ARM do sistema seja liberada para esse tipo de uso — atualmente, a empresa só licencia o produto para máquinas em que ele venha pré-instalado, o que tira os computadores da Apple da jogada. Será que veremos uma mudança de planos em Redmond?

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários