O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Qualcomm não parece estar muito preocupada com o M1

A gigante está seguindo seu caminho, em parceria com a Microsoft
Qualcomm
Sundry Photography / Shutterstock.com

Considerando todo o poder bruto do M1, a forma como ele está superando chips muito mais potentes da Intel e o futuro brilhante que a Apple tem na área, era de se imaginar que a principal concorrente da Maçã no segmento — a Qualcomm — estaria preocupada com os avanços de Cupertino. Não parece ser o caso, entretanto.

Publicidade

Em uma mesa redonda realizada recentemente no evento virtual Snapdragon Summit, a Qualcomm classificou a chegada do M1 como uma “validação” dos investimentos que ela própria tem realizado na área dos chips ARM para computadores — e como um sinal de que os ventos da indústria estão mudando justamente para esse tipo de arquitetura.

De acordo com o vice-presidente sênior de infraestrutura, computação e dispositivos móveis da Qualcomm, Alex Katouzian:

Como nós vimos durante a era da pandemia, e eu acho que isso continuará por muitos anos, videoconferências e locais de trabalho remotos se tornarão mais e mais importantes, o que significa que você terá de ter a capacidade de fazer boas reuniões virtuais, você terá de ter uma boa câmera e uma boa longevidade de bateria, você terá de poder trabalhar de qualquer lugar que você esteja — dentro ou fora da sua casa — e entrar no seu ambiente de trabalho de uma forma segura. Todas essas coisas são validações do que nós temos defendido e eu acho que a força virá do fato de que nossa parceria com a Microsoft será muito maior e mais sólida daqui pra frente.

Katouzian refere-se à parceria da Qualcomm com a Microsoft na construção dos chips Snapdragon 7c/8c/8cx, os processadores ARM que equiparão futuros PCs com Windows. Até o momento, os avanços da parceria não são lá muito animadores (basta dar uma olhada na performance do Surface Pro X), mas as coisas poderão dar um bom salto nos próximos meses.

Publicidade

O executivo também comparou favoravelmente alguns aspectos dos chips da Qualcomm (e dos computadores com eles equipados) em relação aos Macs com M1. Segundo Katouzian, os laptops com chips Snapdragon podem oferecer conectividade 5G, para produtividade em qualquer lugar a qualquer momento, e câmeras melhores para videoconferências de melhor qualidade. Além disso, os chips são oferecidos em múltiplas faixas de preço, para que fabricantes vendam computadores para todos os bolsos e gostos.

O fato é que, pelo visto, a Qualcomm continua seguindo seu caminho de forma confiante — o que é ótimo, já que a concorrência é o melhor catalisador dos avanços.

via PCMag

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Hillary e Chelsea Clinton

Hillary e Chelsea Clinton apresentarão nova série do Apple TV+

Próximo Artigo
Troféu físico dos Melhores da App Store de 2020

Troféu de melhores da App Store é o "produto" mais exclusivo da Apple

Posts Relacionados