O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple Fitness+

Apple Fitness+ será lançado no dia 14 de dezembro

A Apple anunciou hoje que o Fitness+, seu serviço de exercícios criado em torno do Apple Watch, será lançado no dia 14 de dezembro (próxima segunda-feira) na Austrália, no Canadá, nos Estados Unidos, na Irlanda, na Nova Zelândia e no Reino Unido.

Publicidade

Ela já tinha dito que ele chegaria antes do final do ano.

O serviço

O Apple Fitness+ conta com exercícios no estilo estúdio que podem ser acompanhados pelo iPhone, pelo iPad e/ou pela Apple TV, incorporando de forma inteligente métricas de treino do Apple Watch para uma experiência personalizada e imersiva até então inédita, pela qual usuários podem fazer no local mais conveniente.

Apple Fitness+

O serviço contará com dez tipos de treinos, incluindo Treinamento Intervalo de Alta Intensidade (HIIT), Força, Ioga, Dança, Core, Ciclismo, Esteira (para corrida e caminhada), Remo e Mindful Cooldown, liderados por uma equipe de treinadores cuja abordagem é acolhedora para todos. Os treinos contam com música dos principais artistas da atualidade, escolhidas para manter todos motivados do início ao fim.

Ser mais ativo é uma das coisas mais importantes que podemos fazer pela nossa saúde, mas sabemos que escolher malhar muitas vezes pode ser um desafio, seja você muito ativo ou apenas um iniciante. Estamos empolgados com o Apple Fitness+ para reunir as métricas do Apple Watch, ótima música e uma equipe de treinadores diversificada e inspiradora — de uma maneira única, simples e fácil de acessar em dispositivos Apple — para incentivar nossos usuários a entrar em forma e se manterem saudáveis.

Jay Blahnik, diretor sênior de tecnologias fitness da Apple

Integração com o Apple Watch

O grande diferencial do Fitness+ se comparado a outros serviços do tipo é a sua integração com o Apple Watch. Quando o treinador fala para você verificar a frequência cardíaca, por exemplo, as métricas de frequência cardíaca ficam destacadas; durante intervalos difíceis, um temporizador de contagem regressiva ajuda usuários a chegar ao último segundo; e quando você completa os anéis de Atividade, uma celebração acontece diretamente na tela do treino.

Apple Fitness+

Para quem curte competição, os treinos HIIT, Esteira, Ciclismo e Remo têm uma Burn Bar (algo como “Barra de Queima”) opcional que mostra, em tempo real, como o esforço de um usuário se compara a qualquer pessoa que tenha concluído anteriormente o mesmo treino.

Os treinos

Começar um treino também é simples e fácil. Você pode usar os filtro intuitivo os quais permitem escolher seu treinador, o tempo, o treino e a música. Há também um mecanismo de recomendação inteligente que considera exercícios concluídos anteriormente no Fitness+, no aplicativo Exercícios (do Apple Watch) e em apps fitness de terceiros que se integram ao aplicativo Saúde (Health).

O Fitness+ recomenda treinos que correspondem ao que o usuário já gosta de fazer para que ele possa começar com algo familiar; mas nem por isso o serviço deixará de sugerir algo novo, ajude a descobrir um novo treinador ou proponha um treino para complementar sua rotina atual.

Toda semana, o Fitness+ oferecerá novos conteúdos em todos os tipos de treinos com uma variedade de treinadores, horários e músicas. Para quem está iniciando, diversos treinadores darão aulas bem focadas nesse início, ensinando o básico de HIIT, Alongamento, Core e Ioga — como uma opção para se preparar para os treinos semanais.

Publicidade

Treinos de Remo, Ciclismo e Esteira também apresentam vídeos de introdução que mostram como configurar o equipamento, além de introduzir a forma e a técnica adequadas. Com o Compartilhamento de Atividades, usuários podem permitir que amigos e familiares vejam os treinos do Fitness+ concluídos, e os treinos também podem ser compartilhados em suas redes sociais favoritas.

Experiência musical

Já na parte musical temos nove estilos diferentes, incluindo Últimos Hits, Chill Vibes, Upbeat Anthems, Pure Dance, Throwback Hits, Everything Rock, Latin Grooves, Hip Hop/R&B e Top Country; será possível filtrar por música para encontrar o treino certo que se adeque ao seu humor atual.

Apple Fitness+

Não é necessário ser assinante do Apple Music para curtir as músicas no Fitness+, mas para quem é assinante do serviço, as músicas favoritas ou até mesmo as listas de reprodução dos exercícios poderão ser baixadas para a sua biblioteca.

Treinando em qualquer lugar

Apple Fitness+

No mais, muitos treinos Fitness+ não exigem nenhum equipamento ou apenas um conjunto de halteres; os treinos de ciclismo, esteira e remo podem ser feitos usando equipamentos de qualquer fabricante. Para máxima flexibilidade, a maioria dos treinos varia em 10, 20, 30 e 45 minutos.

Requisitos

O Apple Fitness+ requer o iOS/iPadOS 14.3, o watchOS 7.2 e o tvOS 14.3. Para usuários do Apple Watch, o Apple Fitness+ aparecerá automaticamente como uma nova aba no aplicativo Fitness, no iPhone; o aplicativo Fitness para iPad estará disponível para download na App Store; na Apple TV, o aplicativo Fitness aparecerá automaticamente assim que os usuários atualizarem para o tvOS 14.3.

Nos Estados Unidos, o serviço custará US$10 por mês ou US$80 por ano. Ele pode ser compartilhado entre até seis membros da família pelo mesmo preço.

Quem comprar um Apple Watch Series 3 ou mais recente ganhará três meses de Apple Fitness+; quem já tem um Apple Watch poderá ganhará um mês de degustação do serviço.

No mais, o Apple Fitness+ faz parte do plano Apple One Premier, que, quando disponível, também dará aos clientes acesso ao Apple Music, ao Apple TV+, ao Apple Arcade, ao Apple News+ e a 2TB de armazenamento do iCloud por US$30 mensais — e pode ser compartilhado entre até seis membros da família.

Vale notar que o Fitness+ e o Apple One Premiere *não* estão disponíveis no Brasil e em Portugal — ao menos por enquanto.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Foto principal dos AirPods Max

É oficial: Apple anuncia os AirPods Max, fones de ouvido over-ear

Próximo Artigo
Apple

Apple lança novo padrão de internet com foco em privacidade

Posts Relacionados