O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Tim Cook fala sobre Fitness+, Apple Watch, Tempo de Uso e mais em entrevista

“Se você está olhando para o seu dispositivo mais do que para os olhos de outra pessoa, você está fazendo a coisa errada”
Tim Cook no Apple Park

Ontem, a Apple finalmente confirmou que lançará (em seis países) o Fitness+, sua plataforma de exercícios conectada ao Apple Watch e que poderá ser acessada pelo iPhone, iPad ou Apple TV, no dia 14 de dezembro. Pois hoje, como de costume após lançamentos dessa magnitude, Tim Cook foi a campo para dar uma entrevista sobre a novidade — desta vez, ao podcast Outside, apresentado por Michael Roberts.

Publicidade

Apesar de a conversa ser claramente motivada pelo Fitness+, o papo entre Cook e Roberts acabou girando mais em torno de saúde e bem-estar numa perspectiva geral. O CEO1 falou, por exemplo, sobre como os anéis de atividade do Apple Watch o estimulam a não cair no sedentarismo:

Para mim, é uma motivação. Sabe, a ideia de fechar os círculos — todos nós sabemos, intuitivamente e agora com as pesquisas científicas, que atividade física e exercícios são parte importantíssima da sua longevidade e da sua qualidade de vida e tudo mais. Então eu realmente quero isso para mim. E tendo o Watch aqui para me motivar, eu posso escolher qualquer coisa — basicamente qualquer exercício conhecido pelo homem é suportado por ele, hoje. E nós temos o Fitness+ vindo aí.

Cook revelou também que faz seus exercícios religiosamente toda manhã, apenas com o Apple Watch no pulso para registrar a atividade — afinal, aquele é também o único momento que ele tem para se desligar do mundo exterior.

Ainda sobre a questão do bem-estar, o CEO falou sobre a nossa relação com nossos dispositivos eletrônicos:

Publicidade

Minha regra básica é: se você está olhando para o seu dispositivo mais do que para os olhos de outra pessoa, você está fazendo a coisa errada. Muito simples.

A partir daí, o CEO emendou a fala com uma explicação sobre o recurso Tempo de Uso, já presente no iOS/iPadOS e no macOS:

Nós percebemos que alguns dos nossos usuários não estavam felizes com a quantidade de tempo que gastam em seus dispositivos, então pensamos em uma forma de ajudá-los. Colocamos todas as nossas energias em criar esse recurso. Então, desse esforço, surgiram os controles parentais, porque algumas pessoas ficam aflitas em relação aos filhos. Na verdade, todos nós deveríamos estar aflitos em relação a nós mesmos. Então nós criamos o Tempo de Uso, que serve para adultos e crianças. E não há dúvida de que iremos além.

Cook falou, ainda, que a inclusão de novos sensores no Apple Watch a cada nova versão do produto é uma progressão natural, como se você puxasse um fio e começasse a desenrolá-lo — começamos com a medição da frequência cardíaca, seguimos para o ECG, para o oxímetro e, daqui em diante, o céu é o limite, sempre em serviço da saúde do usuário.

Por fim, para sair um pouco do assunto geral, Cook falou também sobre as iniciativas da Apple no mundo da realidade aumentada:

Publicidade

São tantas coisas, para falar a verdade. Eu acho que nós estamos na linha de frente de muitas coisas. Nós estamos na linha de frente da realidade aumentada — que é uma coisa muito animadora pra mim porque, ao contrário da experiência solitária da realidade virtual, a realidade aumentada nos permite ter uma conversa. E isso pode se tornar uma conversa ainda mais vívida porque você pode estar falando sobre algo que viu numa revista, e você pode simplesmente puxar aquele elemento e olhar para ele.

Interessante, não? A entrevista completa de Cook pode ser ouvida no site do Outside ou no Apple Podcasts.

via Cult of Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Câmeras

Projeto de lei quer que Apple TV+ tenha 30% de conteúdo europeu

Próximo Artigo

Agora dá para personalizar playlists do Spotify com uma capa

Posts Relacionados