O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Tim Cook
David Paul Morris/Bloomberg

Trabalho no Apple Park não voltará antes de junho de 2021

Executivos falaram ainda dos desafios do trabalho remoto ao longo de 2020

A quinta-feira foi marcada por reuniões importantes em Cupertino. Em uma conversa com funcionários, Johny Srouji (vice-presidente sênior de tecnologias de hardware da Apple) teria confirmado que a empresa está criando seu próprio modem para iPhones.

Publicidade

Obviamente, não foi apenas Srouji que conversou empregados da Maçã. A Bloomberg compartilhou1 também informações do bate-papo (virtual) que o CEO2 Tim Cook e outros executivos tiveram eles.

Planos para voltar aos escritórios

Cook compartilhou detalhes sobre os planos para que todos retornem aos escritórios. Em julho passado, o executivo havia comentado que essa volta não aconteceria antes de 2021; agora, com o cenário pandêmico mudando um pouco, o assunto voltou à tona.

O executivo teria afirmado “parecer provável” que a maioria das equipes não voltará aos escritórios antes de junho de 2021. Historicamente, a Apple sempre foi uma empresa mais adepta a trabalho no escritório (por conta da colaboração que o contato físico gera) mas, aparentemente, o chefão da Maçã ficou feliz com o sucesso da empresa em 2020 e está mais disposto a flexibilizar um pouco a questão envolvendo trabalho remoto.

Não há substituto para a colaboração cara a cara, mas também aprendemos muito sobre como podemos fazer nosso trabalho fora do escritório sem sacrificar a produtividade ou os resultados. Todos esses aprendizados são importantes. Quando estivermos do outro lado dessa pandemia, preservaremos tudo o que há de bom na Apple e, ao mesmo tempo, incorporaremos o melhor de nossas transformações neste ano.

Contornando desafios

Cook não foi o único a falar. Dan Riccio (vice-presidente sênior de engenharia de hardware) disse que o trabalho remoto foi um “grande desafio” para o projeto de dispositivos, que geralmente é feito em laboratórios.

Ele afirmou que as restrições de viagens em março passado foram particularmente duras, pois é justamente nesse período que engenheiros costumam viajar para a China a fim de ajudar a iniciar a fabricação dos produtos que serão lançados em setembro/outubro.

Publicidade

A Apple resolveu esse problema com engenheiros controlando robôs de casa e usando iPads com software de realidade aumentada para orientar técnicos nas fábricas chinesas e em outros países. A equipe de Riccio também trabalhou em horários diferentes para se comunicar melhor com a equipe da China — afinal, a diferença de fuso horário é grande.

Um dia a mais de descanso

Por conta dos inúmeros desafios dos últimos meses, a Apple disse que dará a funcionários em diversas regiões um dia a mais de descaso remunerado, programado para 4 de janeiro — ou seja, uma espécie de feriado prolongado, já que 1º de janeiro cairá numa sexta-feira.

Doações

Outro ponto abordado na reunião foi o programa de doação de funcionários da Apple, que teve um desempenho bem forte em 2020. Segundo Cook, desde o início da iniciativa, mais de US$591 milhões foram doados para instituições de caridade; funcionários da Maçã também doaram mais de 1,6 milhão de horas.

Mas o ano ainda não terminou: o CEO disse que a Apple fará uma doação de US$5 milhões para organizações que ajudam prejudicados pela COVID-19.

Outros executivos

O COO3 Jeff Williams, que agora tem a equipe de design sob sua responsabilidade, disse que eles “descobriram novas maneiras de trabalhar” remotamente; Sabih Khan (executivo de operações) elogiou a capacidade da sua equipe de produzir em 2020 com o mínimo de atraso.

Eddy Cue falou sobre o desempenho dos serviços da Apple, enquanto Lisa Jackson discutiu a promessa climática da Maçã; Deirdre O’Brien comentou os esforços de varejo no meio da COVID-19, enquanto John Giannandrea discutiu as iniciativas de IA, incluindo o informação de que a Apple antecipou o lançamento de seu recuso de lavar as mãos, no Apple Watch, para este ano.


Aparentemente, mesmo com todos os desafios, problemas e tragédias de 2020, foi um ano bastante positivo para a Apple.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Modem X55, da Qualcomm

Apple confirma que está criando seu próprio modem para iPhones

Próximo Artigo
iPad com mouse e teclado

Como usar um mouse ou trackpad no iPad

Posts Relacionados