O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Tela do iPhone 12 Pro Max é a segunda melhor do DXOMARK

Superado apenas pelo Galaxy Note20 Ultra
iPhone 12 Pro Max de cima, ao lado da sua caixa
Hadrian / Shutterstock.com

Não faz muito tempo desde que falamos aqui que o DXOMARK, conhecido por suas análises rigorosas de câmeras e alto-falantes, passaria a avaliar também telas de smartphones. Pois recentemente, o site publicou suas considerações sobre o painel do iPhone 12 Pro Max, e os elogios vieram com bastante força.

Publicidade

No geral, a tela do 12 Pro Max conquistou 88 pontos no teste — suficiente para ocupar o segundo lugar no ranking do DXOMARK, apenas um ponto atrás do Galaxy Note20 Ultra. A medalha de prata do iPhone é compartilhada com o OnePlus 8 Pro, e logo um ponto abaixo temos o iPhone 12 Pro menor e o Galaxy S20 Ultra.

Os principais elogios à tela do 12 Pro Max vieram da sua suavidade: os avaliadores do site gostaram bastante das transições suaves entre diferentes níveis e fontes de luz, além de classificarem o anti-aliasing como particularmente competente em jogos. O brilho e o contraste em vídeos HDR10 (Dolby Vision) também foram particularmente elogiados, assim como a exibição e a definição de imagens no sol claro.

Nos pontos negativos, os cientistas apontaram um problema que já tinham visto no iPhone 12 Pro: um tom amarelado presente em todos os testes, tanto em imagens estáticas quanto em vídeos. Também foram criticados o nível de brilho automático, muitas vezes mais baixo do que o aceitável (especialmente à noite) e o fato de que o filtro de luz azul tem uma sobreposição muito forte da cor laranja, diminuindo a legibilidade dos elementos em tela.

Os avaliadores lembraram, no teste, que o iPhone 12 Pro Max é o último flagship do mundo dos smartphones a não contar com uma tela de alta frequência, já que ainda temos, aqui, os mesmos 60Hz de sempre. Esse aspecto, entretanto, não foi computado como negativo — afinal de contas, ao contrário de um review subjetivo do aparelho, onde a falta desse recurso pode (e deve) ser lamentada, aqui a ideia é fazer uma análise objetiva e científica da tela, julgando-a somente pelo que ela tem (e não pelo que ela deixa de ter).

Publicidade

As considerações completas e toda a análise técnica do DXOMARK em relação ao iPhone 12 Pro Max pode ser vista aqui. Que tal?


iPhones 12 Pro (miniatura)
iPhones 12 Pro e 12 Pro Max de Apple Preço à vista: a partir de R$9.899,10
Preço parcelado: em até 12x de R$916,58
Cores: grafite, prateada, dourada e azul-pacífico
Capacidades: 128GB, 256GB ou 512GB
Lançamento: outubro de 2020

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apps redesenhados no macOS Big Sur

macOS Big Sur 11.2 ganha sua primeira versão de testes

Próximo Artigo
Jogos na App Store

5 jogos mobile geraram mais de US$1 bilhão em 2020; PUBG lidera

Posts Relacionados