O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple poderá adquirir filmes produzidos por ex-chefão da Pixar

John Lasseter dirigiu e produziu alguns dos maiores clássicos da animação nas últimas décadas
John Lasseter e Steve Jobs
John Lasseter (à esquerda) e Steve Jobs

Qualquer pessoa um pouquinho familiar ao mundo do cinema já ouviu falar de John Lasseter. O cineasta foi um dos pioneiros da animação por computador numa subsidiária da Lucasfilm que, em meados dos anos 1980, foi adquirida por Steve Jobs e transformou-se na Pixar. Lasseter tornou-se o CCO (chefe criativo) do estúdio e dirigiu alguns dos seus maiores clássicos (como os dois primeiros “Toy Story”, “Carros” e “Vida de Inseto”), ganhando dois Oscars no processo.

Publicidade

Quando a Pixar foi adquirida pela Disney, em 2006, ele tornou-se também CCO da Walt Disney Animation Studios, supervisionando projetos como “Frozen”, “Detona Ralph” e “Zootopia”. Em 2018, entretanto, ele deixou a Disney/Pixar após acusações de má conduta sexual por parte de algumas funcionárias — e, em 2019, passou a liderar a Skydance Animation.

Agora, quase 40 anos após o início de amizade de Lasseter com Jobs, pode ser que o animador restabeleça relações com a Apple. Segundo a Variety, a Maçã está em “conversas prolongadas” com a Skydance Animation para adquirir os direitos de exibição dos dois primeiros longas da empresa — ambos, claro, produzidos por Lasseter.

O primeiro deles, “Luck”, tem direção de Peggy Holmes e conta a história da garota mais azarada do mundo, que acaba adentrando um mundo inédito de sorte e azar — quem já teve a oportunidade de assistir a uma prévia do filme o classificou como um “clássico Lasseteriano“. O segundo filme, “Spellbound”, é uma fantasia musical sobre uma garota que parte numa jornada para quebrar o feitiço que dividiu seu reino em dois mundos diferentes.

Publicidade

A Skydance Animation tem um contrato de distribuição com a Paramount Pictures, mas pode, pelos termos do acordo, vender seus projetos a outros estúdios ou plataformas, como a Apple. Ainda não se sabe se o negócio envolveria uma estreia cinematográfica dos filmes ou se eles iriam direto para o Apple TV+; ambos os filmes têm previsão de lançamento para 2022.

Vamos aguardar, portanto.

via iDownloadBlog

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Facebook vs. Apple

Facebook apoia Epic e ataca Apple de novo em jornais

Próximo Artigo
Conceito de câmera sob display do Apple Watch

Patentes: Apple Watch com Touch ID e câmera sob display

Posts Relacionados