O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Facebook
Neirfy / Shutterstock.com

Facebook sobre iOS 14: “Anúncios personalizados e privacidade podem coexistir”

A rede afirmou que “não tem escolha” senão obedecer às novas regras

O Facebook parece estar passando por todas as fases do luto em relação às novidades de privacidade do iOS 14: a gigante de Mark Zuckerberg já fez pouco caso das iniciativas da Apple, passou a atacar a empresa diariamente (até mesmo em anúncios de jornal), tentou negociar termos e, agora, parece estar começando a aceitar os novos paradigmas — mas não de uma forma muito amigável.

Publicidade

Em um email a parceiros enviado hoje, o Facebook afirmou que “não tem escolha” senão obedecer às regras do App Tracking Transparency (ATT), as diretrizes do iOS 14 as quais obrigam que os aplicativos recebam permissão explícita do usuário para coletar certos dados de rastreamento. Caso contrário, a Apple poderá banir os produtos do Facebook da App Store, causando — nas suas próprias palavras — ainda mais dano às empresas que dependem dos anúncios da gigante para sobreviver.

A empresa reiterou, também, que as mudanças provocarão grande impacto na indústria dos anúncios direcionados, mas que acredita na coexistência desse segmento e de um posicionamento que defenda a privacidade dos usuários.

A mensagem do Facebook diz o seguinte:

Publicidade

O requerimento da Apple, de que todos os aplicativos da App Store no iOS 14 mostrem aos usuários uma caixa de diálogo de acordo com a framework AppTrackingTransparency, terá impactos sérios na efetividade do targeting, na otimização e na análise de campanhas para empresas que publicam anúncios em dispositivos móveis e na internet. As mudanças da Apple beneficiarão ela própria, e prejudicarão a indústria e a capacidade das empresas (de todos os tamanhos) de fazer publicidade eficientemente e crescer por meio dos anúncios personalizados. Nós acreditamos que os anúncios personalizados e a privacidade do usuário podem coexistir.

O Facebook lembrou que, a princípio, a coleta de dados pessoais não muda para usuários que darão permissão para essa prática; ainda assim, a rede espera que uma grande quantidade de usuários bloqueie essa coleta, o que poderá reduzir significativamente a efetividade dos seus anúncios.

A rede não tem, ainda, um plano específico de contingência para a situação, mas afirmou que divulgará diretrizes mais específicas nas próximas semanas para que as empresas possam se preparar para as novas regras.

via iMore

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Todas as cores do iPad de oitava geração

iPad de 9ª geração poderá ser mais fino e leve

Próximo Artigo
Promoção "Volta às Aulas" da Apple

Ganhe AirPods de brinde na promoção "Volta às Aulas" da Apple Brasil

Posts Relacionados