Gerente de assistência técnica furta mais de 25 mil iPhones e é presa

Caixas de iPhones

Uma gerente de logística de uma assistência técnica da Pegatron (uma das fábricas parceiras da Apple) em Bedok (Singapura) foi presa após ter furtado mais de 25.000 iPhones defeituosos ao longo de um ano e meio — prática que teria rendido a ela cerca de S$3 milhões (mais de R$12,3 milhões).

Publicidade

Segundo uma reportagem do Channel News Asia, Serene Ng Shu Kian, de 40 anos, foi condenada a nove anos de prisão nesta segunda-feira (11/1). Ela era responsável pelo departamento de logística da Pegatron Service Singapore, uma assistência técnica incorporada à gigante de produção taiwanesa em 2014.

Para realizar os crimes, a gerente instruiu um subordinado (que desconhecia o esquema) a colocar os iPhones em um armário de metal no escritório de logística e embalá-los em caixas, as quais seriam recolhidas por uma empresa de transporte particular — evitando, dessa forma, verificações de segurança.

Os dispositivos eram entregues em um endereço da Malásia e ela modificava a papelada para fechar os casos no sistema da Pegatron — evitando, assim, a detecção do esquema. O objetivo era comercializar peças dos iPhones defeituosos.

Entre 31 de janeiro de 2018 e maio de 2019, a dupla se apropriou indevidamente de 25.051 iPhones defeituosos da Pegatron — a qual sofreu perdas de quase S$6,8 milhões (mais de R$28,1 milhões).

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários