iPhone X com TikTok na App Store

Desde o início da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), há quase um ano, múltiplas pesquisas vêm apontando o aumento vertiginoso na adoção de dispositivos móveis (graças ao home office) e, consequentemente, do uso de apps.

Publicidade

Para colocar esse crescimento em perspectiva, o pessoal da App Annie divulgou sua pesquisa The State of Mobile 2021, referente a 2020, na qual indica que a adoção de dispositivos avançou o equivalente a 2-3 anos em apenas 12 meses!

A pesquisa também aponta que consumidores gastaram US$143 bilhões em lojas de apps (incluindo a App Store e o Google Play) em 2020 — um crescimento de 20% ao ano. Isso foi possível, em grande parte, graças ao aumento no número de apps baixados: foram mais de 218 bilhões de downloads mundialmente, o que representa um aumento de 7% em relação a 2019.

Pesquisa da App Annie sobre apps em 2020
Toque/clique para ampliar

Em se tratando de downloads, o app mais baixado mundialmente foi o TikTok; já Free Fire ficou em primeiro lugar entre os jogos mais baixados. Quando o assunto é gastos com apps, o Tinder foi o app mais lucrativo de todos — ao passo que, em games, Honor of Kings (Arena of Valor) foi o título com a maior receita.

Apps mais baixados em 2020
Toque/clique para ampliar
Gastos com apps em 2020
Toque/clique para ampliar

No Brasil, os apps mais populares em 2020 foram os seguintes:

De acordo com a App Annie, os gastos *só* com jogos móveis poderão chegar a US$120 bilhões em 2021, o que significa que o mercado está preparado para mais um possível crescimento exponencial neste ano.

Adoção do iOS 14

A pesquisa da App Annie também investigou a adoção do iOS 14, lançado em setembro passado. De acordo com eles, o ritmo de instalação do mais recente sistema operacional da Maçã tem sido muito maior que o de versões anteriores.

Quando comparado às instalações do iOS 13, por exemplo, a taxa de adoção do iOS 14 é 24% maior, segundo o estudo.

via VentureBeat

Posts relacionados

Comentários