O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Parler poderá voltar à App Store se seguir regras, diz Tim Cook

Segundo o CEO, a rede foi suspensa, e não banida
Parler

Hoje pela manhã, a Apple revelou o grande anúncio que havia prometido ontem: uma série de novas iniciativas para equidade racial nos Estados Unidos, incluindo o investimento num centro de inovação e aprendizado em Atlanta (Geórgia) e uma Apple Developer Academy em Detroit (Michigan).

Publicidade

Pois, agora há pouco, a rede de televisão CBS liberou toda a entrevista de Tim Cook (justamente aquela que, ontem, antecipou as novidades) no programa CBS This Morning. Além de falar sobre as novas iniciativas, o CEO comentou também o polêmico caso da rede social Parler e mais assuntos — nós, claro, veremos tudo a seguir.

Parler

Para quem não acompanhou o caso, o Parler, rede social comumente associada a grupos de direita e extrema-direita, foi removido da App Store e do Google Play na última semana, após o surgimento de postagens que incitavam cidadãos dos EUA a participar da invasão ao Capitólio, insurgência contra a eleição do futuro presidente Joe Biden que deixou cinco mortos.

A justificativa da Apple e do Google estava no fato de que a rede — que tem como chamariz a falta de moderação e o estímulo à “livre expressão”, segundo seus fundadores — não estava seguindo as diretrizes das lojas ao permitir discurso de ódio e incitação à violência. Segundo Cook, entretanto, o Parler ainda poderá voltar à App Store.

Publicidade

O CEO afirmou que a rede foi “suspensa, e não banida” da loja, e que poderá ser restaurada caso ganhe novos recursos de moderação que coíbam os conteúdos proibidos pela App Store.

A apresentadora Gayle King trouxe, então, as declarações do CEO do Parler, John Matze, de que a remoção da rede das lojas seria uma violação da Primeira Emenda à Constituição dos Estados Unidos (que garante a liberdade de expressão aos cidadãos, entre outros aspectos). Cook, em resposta, afirmou o seguinte:

Nós temos os termos de uso da App Store, e alguns desses termos estavam sendo violados pelo Parler. Tudo o que nós pedimos, Gayle, é que eles sigam esses termos.

Obviamente, a App Store e o Google Play são problemas menores para o Parler no momento: há alguns dias, a Amazon anunciou que deixaria de hospedar a rede social nos seus servidores, o que efetivamente tirou o Parler do ar para seus usuários. A rede processou a gigante de Jeff Bezos e diz já ter encontrado um novo parceiro para hospedagem, mas até o momento continua fora do ar.

Novas iniciativas

Para comentar as novas ações da Iniciativa sobre Equidade e Justiça Racial (Racial Equity and Justice Iniciativa, ou REJI), Cook juntou-se a Lisa Jackson, vice-presidente de iniciativas sociais, políticas e ambientais da Apple. Sobre o investimento no novo Propel Center, em Atlanta, Jackson afirmou o seguinte:

Publicidade

HBCUs [Historically Black Colleges and Universities, instituições de ensino superior historicamente de maioria negra] têm uma história de formação de líderes na nossa comunidade. O Propel Center será um lugar para todos o estudantes de HBCUs nas redondezas. É um lugar para que a Apple e outras empresas conheçam os talentos das HBCUs locais. Nós sabemos que esses talentos já existem, e que esses estudantes estão tentando fazer o que todo estudante pretende: se lançar em um futuro melhor e uma vida melhor.

Cook, por sua vez, listou alguns acontecimentos testemunhados durante a sua vida que despertaram sua preocupação para com o problema do racismo estrutural.

Claramente, qualquer pessoa que viveu no período em que eu cresci, nos anos 1960 e 1970, testemunhou tudo isso em primeira mão. Quando eu tinha cinco anos, John Lewis foi espancado na Ponte Edmund Pettus. Quando eu tinha oito, tivemos a Revolta de Stonewall. Ambos esses acontecimentos mudaram o curso da história e da minha vida. Quando você assiste a esse tipo de coisa ou lê sobre elas, e depois aplica essa experiência ao que você está vendo hoje, [você vê que] o racismo estrutural existia e continua existindo. E ele não vai sumir, a não ser que você faça algo em relação a isso.

Muito bem, então. O vídeo completo da entrevista pode ser visto acima.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Aba "Itens" do app Buscar

Recurso do app Buscar vaza antes do lançamento das "AirTags"

Próximo Artigo
Produtos Apple (sistema operacionais em versão beta)

Apple libera segundas betas do iOS 14.4, do iPadOS 14.4, do macOS Big Sur 11.2, do watchOS 7.3 e do tvOS 14.4

Posts Relacionados