O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Mark Zuckerberg
Frederic Legrand – COMEO / Shutterstock.com

Mark Zuckerberg diz que Apple quer prejudicar o Facebook

Apple e Facebook estão em pé de guerra. Tudo por conta das políticas de privacidade implementadas pela Maçã — com atraso — no iOS 14, que basicamente tiraram das mãos da rede social o poder de monitorar/rastrear usuários sem o devido consentimento.

Publicidade

Nos últimos meses, o Facebook vem criticando bastante a Apple no que diz respeito à implementação dessa novidade, afirmando que ela prejudicará principalmente pequenas empresas. Agora, Mark Zuckerberg foi além e falou com todas as letras que tal ação da companhia de Tim Cook é deliberada, mirando o Facebook.

No evento (teleconferência) para divulgação dos resultados financeiros do Facebook, ainda ontem (27/1), Zuckerberg disse enxergar a Apple como uma das principais concorrentes da rede, sugerindo que a Maçã está usando a sua posição para alavancar seus próprios serviços (especialmente o iMessage, que compete diretamente com o WhatsApp e o Messenger).

Eis a declaração completa dele:

O WhatsApp, e a direção que estamos tomando com o Messenger, são os melhores aplicativos sociais privados disponíveis. Temos muitos concorrentes que fazem alegações sobre privacidade que muitas vezes são enganosas.

A Apple lançou recentemente os chamados “rótulos nutricionais”, que se concentram principalmente nos metadados que os aplicativos coletam em vez da privacidade e da segurança das mensagens reais das pessoas. Mas o iMessage armazena backups não-criptografados de suas mensagens por padrão, a menos que você desative o iCloud. Portanto, a Apple e os governos têm a capacidade de acessar as mensagens da maioria das pessoas. Então quando se trata do que mais importa, proteger as mensagens das pessoas, acho que o WhatsApp é claramente superior.

Desde que eu tento usar esses eventos financeiros para discutir aspectos da estratégia de negócios que considero importantes para os investidores entenderem, quero destacar que vemos cada vez mais a Apple como um de nossos maiores concorrentes. O iMessage é um elemento-chave do seu ecossistema. Ele vem pré-instalado em todos os iPhones e eles o dão preferência com APIs1 e permissões privadas, e é por isso que o iMessage é o serviço de mensagens mais usado nos Estados Unidos.

Também estamos vendo os negócios da Apple dependerem cada vez mais de ganhar participação em aplicativos e serviços contra nós e outros desenvolvedores. Portanto, a Apple tem todos os motivos para usar da sua posição dominante na plataforma para interferir no modo como nossos e outros aplicativos funcionam, o que eles fazem regularmente para dar preferência aos seus próprios.

E isso impacta no crescimento de milhões de empresas em todo o mundo, inclusive com as mudanças [de privacidade] do iOS 14, muitas pequenas empresas não serão mais capazes de alcançar seus clientes com anúncios direcionados.

A Apple pode dizer que está fazendo isso para ajudar as pessoas, mas os movimentos rastreiam claramente seus interesses competitivos. E eu acho que essa dinâmica é importante para as pessoas entenderem por que nós e outros enfrentaremos isso em um futuro próximo. Nossos serviços de mensagens continuam crescendo, mas é uma batalha difícil, e nossos serviços precisam ser muito melhores como plataformas sociais privadas para ter sucesso.

Pelo visto, vem mais briga por aí.

via ZDNet

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

WhatsApp Web/Desktop agora exigirá autenticação biométrica

Próximo Artigo
App Tracking Transparency

Próxima versão do iOS virá com sistema antirrastreamento

Posts Relacionados