O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Android vs. iOS
Mr.Mikla / Shutterstock.com

Anunciantes querem focar no Android após mudanças do iOS 14

Mas o fenômeno, segundo alguns executivos da área, é temporário

Lembram como nós comentamos recentemente que, pouco a pouco, as empresas afetadas pelo App Tracking Transparency (e pelas mudanças de privacidade em geral) do iOS 14 estavam começando a aceitar o novo horizonte? Parece que as fases do luto estão sendo seguidas bem certinho — e agora as companhias já estão perto da fase da aceitação.

Publicidade

Essa aceitação, entretanto, vem de formas diferentes dependendo da empresa. A Snap e o Twitter já manifestaram que as novidades não causarão abalos críticos em suas operações e deverão seguir o barco normalmente; já no caso de uma série de anunciantes do mundo digital, parece que a história será outra – e o foco, agora, será nos usuários de Android.

Ao menos é o que revelou uma reportagem recente do DigiDay. Segundo especialistas da área de marketing digital, já é um fato sabido que os custos médios por cada anúncio personalizado subirá significativamente ao longo dos próximos meses, já que as anunciantes terão menos dados dos usuários para direcionar o conteúdo; por conta disso, o sistema operacional do robozinho pode ser uma área mais “segura” para operar.

O fundador e CEO da empresa de anúncios BigaBid, Ido Raz, falou o seguinte:

Publicidade

Como ainda há muitos fatores desconhecidos acerca do impacto das mudanças da Apple, alguns anunciantes estão realocando orçamentos para locais onde eles têm mais controle sobre as métricas, como o Android. É como se o dinheiro estivesse se dirigindo mais para o Android.

A mudança é importante porque, apesar de o número de usuários globais do Android ser significativamente maior, o iOS sempre foi a plataforma em que os anunciantes investiram o grosso dos seus orçamentos — isso porque, como sabemos, é no sistema do iPhone/iPad que os usuários mais gastam dinheiro e, portanto, têm mais potencial de retorno para cada anúncio publicado.

Sergio Serra, gerente sênior de produto da Inmobi, compartilhou uma opinião parecida:

Nós definitivamente estamos vendo essa tendência surgir. Sem um identificador consistente para o público do iOS, e até o momento em que o Google oficialmente fizer a mudança para um regime similar, os anunciantes provavelmente manterão o status quo e diminuirão a importância do iOS para seus planos de mídia. […] Anunciantes que costumavam priorizar o iOS estão começando a reavaliar a importância dos seus apps para Android, mesmo em mercados como os EUA, onde o iOS é historicamente mais forte.

Apesar disso, o consenso geral é que, eventualmente, os anunciantes desenvolverão formas de continuar anunciando no iOS de uma forma que respeite as novas regras do sistema e, ainda assim, consiga atingir o público esperado em suas campanhas. Segundo Offer Yehudai, da Fyber, a expectativa é que os investimentos no sistema da Apple diminuam temporariamente, mas voltem progressivamente conforme essas formas de direcionamento “amigáveis à privacidade” sejam consolidadas.

Publicidade

Vai ser interessante, portanto, acompanhar o desenrolar dessa história.

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Detalhe de logo da Hyundai em veículo/carro

Hyundai é investigada por ter se beneficiado com o "Apple Car"

Próximo Artigo
MacBook com marca do chip M1 (Apple Silicon)

Primeiro malware para Macs com chip M1 é detectado

Posts Relacionados