O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Tim Cook e He Shijie

Tim Cook diz que 2020 foi o ano em que a Apple “mais inovou”

O CEO1 da Apple, Tim Cook, conversou recentemente com o blogueiro/estudante chinês He Shijie sobre os lançamento da companhia, inovação e a relação da empresa com a China. A entrevista, bem descontraída, está na página de Shijie na rede social Weibo.

Publicidade

Perguntado sobre o estresse e o processo pelo qual a Apple passa para lançar novos produtos, o executivo disse que isso só é possível, em grande parte, ao “reunir pessoas com diversas habilidades, experiências e paixões”:

Nós temos uma cultura de criatividade e uma cultura de colaboração. E essas duas coisas juntas, quando se cruzam, criam uma enorme inovação. Você reúne pessoas que têm habilidades diferentes, que olham para o mundo de forma diferente, talvez sejam de lugares diferentes, tenham experiências diferentes. Alguns são de hardware, outros são de software. Alguns são de serviços. Alguns podem ser músicos e artistas. Mas você os coloca todos juntos em um propósito comum — projetar um produto incrível — e é maravilhoso o que pode resultar disso.

Por falar em inovação, Cook disse que a Apple inovou em 2020 mais do que em qualquer outro ano, mas observa que “não há fórmula para inovação”:

Eu realmente acredito que 2020 foi o nosso maior ano de inovação de todos os tempos, entre os iPhones, o Apple Watch, os iPads e o [chip] M1.

Sobre os ‌iPhones 12‌, Cook diz que a Apple está “amando a repercussão positiva”, reiterando os comentários que ele fez na divulgação dos resultados financeiros do primeiro trimestre fiscal de 2021. Em relação aos novos Macs com ‌Apple Silicon‌, Cook chamou o desempenho do chip M1 de “de cair o queixo”.

Publicidade

Shijie também questionou Cook se existem recursos dos iPhones que se baseiam no retorno dos clientes chineses. Eis a resposta:

Existem muitos recursos. Quer sejam teclados específicos, quer seja o leitor de código QR. O 5G foi energizado de várias maneiras na China porque ela está muito à frente no modelo de cobertura do 5G. […] O Modo Escuro foi outro recurso inspirado na China. Ouvimos muito atentamente os nossos clientes de lá e acabamos criando coisas baseadas nisso, que depois são levadas ao mundo.

A entrevista também abordou outros assuntos como saúde, rotina e cooperação entre os Estados Unidos e a China. Confira-a na íntegra aqui.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple prepara-se para inaugurar sua 2ª loja na Coreia do Sul [atualizado]

Próximo Artigo
iPhone 12 com animação do MagSafe

Apple estaria desenvolvendo bateria externa com MagSafe [atualizado]

Posts Relacionados