O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Instituto Butantan

Instituto Butantan anuncia app para monitorar COVID-19 na população

Com informações de sintomas e mapas de infecção em tempo real

E o Instituto Butantan faz tudo: além de ter realizado a parceria com o laboratório Sinovac para fabricação da vacina CoronaVac, a primeira a ser disponibilizada no Brasil, a instituição lançou recentemente o aplicativo Global Health Monitor (GHM), pensado para monitorar a incidência dos casos do novo Coronavírus (COVID-19) no Brasil.

Publicidade

O app foi desenvolvido por uma startup brasileira, também chamada Global Health Monitor, com a parceria da equipe de infectologistas do Butantan, a qual validou o algoritmo utilizado pelo sistema para monitorar os casos da doença e as taxas de infecção.


Ícone do app Global Health Monitor
Global Health Monitor de Global Health Monitor
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.25 (59.6 MB)
Requer o iOS 9.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR
Screenshot do app Global Health MonitorScreenshot do app Global Health MonitorScreenshot do app Global Health MonitorScreenshot do app Global Health MonitorScreenshot do app Global Health MonitorScreenshot do app Global Health MonitorScreenshot do app Global Health Monitor

Basicamente, a ideia do GHM é fazer um monitoramento completamente anônimo da disseminação da COVID-19 em cada região, com atualização de dados em tempo real. Para isso, o app pode coletar todos os tipos de dados, desde de sintomas individuais do usuário até mapas de casos da doença em cada localidade.

Munido desses dados, o app poderá alertar, por exemplo, quando um usuário estiver se deslocando de uma área relativamente segura para uma área de risco, com altas taxas de contágio e ocupação de UTIs. Também será possível organizar sua carteira de vacinação digital e obter mais informações sobre as vacinas, período de imunização e mais.

Publicidade

O GHM foi lançado inicialmente na cidade de Araraquara (São Paulo), que está enfrentando um período difícil em relação à COVID-19: no fim da última semana, o município tinha 100% dos seus leitos de UTI e enfermaria ocupados, e já somava 162 mortes por conta do novo Coronavírus (sendo 46 somente neste mês de fevereiro). Agora, ele já pode ser baixado em todo o território brasileiro.

Vale lembrar que um dos recursos do app do Instituto Butantan (o de alertar possíveis contatos com pessoas infectadas) é bem parecido com a funcionalidade principal do aplicativo Coronavírus-SUS. Não há informações, entretanto, se o GHM também incorpora a API de alerta de exposição da Apple e do Google — é provável que não, pois da última vez que ouvimos algo sobre isso, a API era disponibilizada apenas às autoridades federais de saúde de um determinado país.

O Global Health Monitor já está disponível na App Store e no Google Play. Vale a pena fazer o download — cada iniciativa, afinal de contas, ajuda.

via B9

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Huawei Mate X2

Huawei lança novo dobrável, fone de ouvido com ANC e mais

Próximo Artigo
Medindo a oxigenação no sangue com o Apple Watch

Apple destaca recursos de saúde do Watch em novos comerciais

Posts Relacionados