O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple doa US$1 milhão para centros de acolhimento LGBTQ+

O dinheiro vai para a Encircle, organização que já ajudou 70 mil jovens nos últimos 4 anos
Encircle, organização de proteção para jovens LGBTQ+

Na mais recente reunião de acionistas da Apple, Tim Cook falou (muito bem, por sinal) sobre como é norma da empresa não se envolver em assuntos relacionados a política, mas apoiar, sempre que possível, determinadas políticas consideradas importantes pela Maçã.

Publicidade

A causa LGBTQ+, como sabemos, é uma delas — e, para reforçar esse posicionamento, a Apple anunciou hoje uma doação de US$1 milhão à Encircle, uma organização sem fins lucrativos baseada no estado do Utah (Estados Unidos) que tem como objetivo formar centros de acolhimento e aceitação a jovens LGBTQ+ e suas famílias. Além disso, serão doados também produtos da empresa, como iPads, destinados a “promover a conexão digital” dos jovens acolhidos pela instituição.

A iniciativa é conjunta: além da Apple, Ryan e Ashley Smith (fundadores da Qualtrics) farão uma doação de US$2 milhões. Dan Reynolds (frontman da banda Imagine Dragons) e sua esposa, Aja Volkman, doarão a casa de infância de Dan, localizada na cidade de Las Vegas e com valor estimado em US$1 milhão.

O objetivo da iniciativa é dar o pontapé inicial na campanha “US$8 milhões, 8 centros”, que permitirá à Encircle criar oito novos centros de acolhimento em quatro estados dos EUA (Arizona, Idaho, Nevada e Utah). Atualmente, a instituição já tem três centros em funcionamento (todos no estado de Utah), com um quarto já em construção.

Publicidade

A Encircle foi fundada em 2017 e atua em uma série de frentes, oferecendo grupos de apoio, atendimento de saúde mental, programas de inclusão no mercado de trabalho e espaços seguros para jovens LGBTQ+ e suas famílias. Desde sua fundação, em 2017, mais de 70 mil pessoas já foram atendidas pela ONG.

Sobre a doação, Cook afirmou o seguinte:

Todas as pessoas LGBTQ+ deveriam se sentir seguras e apoiadas o suficiente para se abrir sobre quem elas são em suas comunidades e consigo mesmas. A Encircle está ajudando a diminuir essas distâncias e unir as pessoas — mandando uma mensagem poderosa de que a maior coisa que você pode querer ser é quem você verdadeiramente é. Minha esperança é que todos os jovens que se sentem sozinhos ou desamparados encontrem conexões e uma comunidade nessa instituição incrível.

Maravilha, então — muita sorte à Encircle nessa nova etapa da organização. ♥️

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apps redesenhados no macOS Big Sur

Apple libera o macOS Big Sur 11.2.2 com correções de bugs

Próximo Artigo
MacBook Pro de 16"

Oferta: MacBook Pro de 16" com 29% de desconto!

Posts Relacionados