O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Lightning vs. USB-C

Kuo: iPhone manterá porta Lightning e não adotará USB-C no “futuro previsível”

Parece que o famigerado conector ainda durará uns bons anos

Ontem, falamos aqui sobre a nova rodada de previsões publicada pelo nosso amigo de sempre, o analista Ming-Chi Kuo — incluindo rumores para os “iPhones 13”, a nova geração do iPhone SE e prospectos mais distantes, como aparelhos com câmeras hole-punch e o famigerado iPhone dobrável.

Publicidade

Falamos ainda sobre a previsão do analista de que a família do “iPhone 13”, contrariando algumas especulações recentes, manterá o conector Lightning, sem fazer a transição para um modelo sem portas. Pois Kuo foi além: em uma outra nota enviada a investidores, o analista afirmou que, num “futuro previsível”, os iPhones continuarão com o Lightning — e não o trocarão pelo USB-C.

Kuo apontou duas razões principais para essa possível permanência. A primeira delas tem a ver com a resistência: segundo o analista, conectores USB-C representam desafios maiores para manter os iPhones com certificados de resistência a água e poeira, enquanto o Lightning já tem um design mais propício a esse tipo de proteção — e a Apple já faz iPhones resistentes à água há uns bons anos, então a experiência da empresa no campo é aprofundada.

O outro motivo para a sobrevivência do Lightning, segundo o analista, é a pressão das fabricantes de acessórios: todo um universo de dispositivos baseados no conector, e o programa MFi (Made for iPhone) poderia sofrer abalos gigantescos caso a Apple resolvesse trocar sua porta proprietária por um padrão aberto e livre para uso como o USB-C. Além disso, a Maçã receberia menos dinheiro de licenciamento das outras fabricantes.

Publicidade

Temos ainda um terceiro motivo, mais facilmente contornável: apesar de parte da linha da Apple (MacBooks, iPads Pro e Air) já ter feito a transição para o USB-C, quase todos os acessórios da empresa ainda são baseados no Lightning — produtos como os AirPods, o Apple Pencil de primeira geração, o Magic Keyboard/Mouse/Trackpad e o carregador MagSafe Duo. Colocar USB-C no iPhone significaria ter uma gama de acessórios baseados num conector em desuso e obrigaria a Maçã a mudar o projeto desses acessórios rapidamente — ou lidar com a insatisfação dos consumidores.

E o iPhone sem portas?

Obviamente, nada disso leva em conta a terceira possibilidade (além do Lightning e do USB-C), que é a da Apple simplesmente remover o conector físico dos iPhones de uma vez por todas e usar a tecnologia MagSafe como forma de conexão (cabeada) dos smartphones com o mundo exterior.

Segundo Kuo, essa é a hipótese mais provável para o futuro, mas ainda como um prospecto distante — até porque o MagSafe, em sua geração atual, não é capaz de transferir dados, realizar a recuperação de um dispositivo ou coletar diagnósticos. Todos esses são elementos considerados essenciais para que a tecnologia substitua, eventualmente, os conectores Lightning.

Patente de possível novo conector MagSafe
Patente de possível novo conector MagSafe

Vale notar que, numa patente registrada recentemente pela Apple, a empresa descreve uma forma de colocar um conector MagSafe físico em iPhones e outros dispositivos — ou seja, retornando o MagSafe às suas origens no Mac. A tecnologia poderia ser baseada numa versão adaptada do próprio conector Lightning, mas ainda está só no mundo das ideias; trata-se apenas de um vislumbre de mais um caminho que a Maçã poderia seguir para o futuro dos iPhones.

O fato é que, pelo visto, o Lightning ainda viverá por mais alguns anos, gostemos dele ou não.

via MacRumors, AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
macOS Big Sur

macOS Big Sur 11.3 chega à sua terceira versão beta

Próximo Artigo
Nicole Kidman

Apple TV+ terá série de contos feministas com Nicole Kidman

Posts Relacionados